Resenha: Cristianismo Puro e Simples - C.S. Lewis



Título do livro:
 Cristianismo Puro e Simples

Autor(a): C.S. Lewis

Editora: Thomas Nelson Brasil 

Número de páginas: 288

Está disponível no Kindle Unlimited? Não!

Sinopse: Em um dos períodos mais sombrios da humanidade, a Segunda Guerra Mundial, C.S. Lewis foi convidado pela BBC a fazer uma série de palestras pelo rádio com o intuito de explicar a fé cristã de forma simples e clara. Mais tarde, ajustado pelo próprio Lewis, esse material daria origem a Cristianismo puro e simples, um grande clássico da literatura. Na obra mais popular e acessível de seu legado, Lewis apresenta os principais elementos da cosmovisão cristã, gradativamente conduzindo o leitor a temas mais profundos e complexos, provocando reflexão e debate. Nesta edição especial e com tradução de uma das maiores especialistas em Lewis do Brasil, você vai encontrar as palavras que encorajaram e fortaleceram milhares de ouvintes em tempos de guerra ― e ainda reverberam mais de 70 anos depois.






Resenha: Cristianismo Puro e Simples talvez seja o livro mais difícil que eu já resenhei até o momento. Mais difícil até que 3096 Dias da Natasha Kampusch.


 Quando se trata de uma narrativa fictícia, você pode opinar sobre a construção do enredo, os personagens, a escrita do autor e etc. Mas quando estamos falando sobre uma obra de não ficção, a tarefa se torna ainda mais difícil. Principalmente quando o livro em questão aborda temas complicados como religião e filosofia.


"Até porque, neste livro, minha intenção não é converter ninguém à minha posição particular, pois, desde que me tornei cristão, penso que talvez o melhor favor que possa fazer aos incrédulos que me cercam é explicar e defender a crença que tem sido comum a quase todos os cristãos de todos os tempos."


 Sendo esse último, o caso de Cristianismo Puro e Simples. Escrito por C.S. Lewis em 1952, o conteúdo da obra na verdade surgiu de algumas palestras que o autor deu pelo rádio e que foram aprofundadas na versão impressa.


 Durante a juventude, Lewis era um ateu determinado e começou a se converter ao Cristianismo no início da década de 1920. Publicou inúmeros livros sobre a religião, o mais conhecido sendo a série de As Crônicas de Nárnia onde usa a ficção para fazer uma analogia à inúmeras passagens da Bíblia.


"Mas há outras questões sobre as quais tenho opinião formada, e mesmo assim me mantenho em silêncio, pois não estou escrevendo para expor algo que eu poderia chamar de "minha religião", mas sim para expor o cristianismo "puro e simples", que é o que é, e o que já era muito tempo antes de eu ter nascido, independentemente de eu gostar disso ou não."

 



  Cristianismo Puro e Simples é dividido em 4 livros, cada um deles contendo capítulos que discorrem sobre determinado tema. Lewis começa com uma pequena introdução, inserindo o leitor aos poucos na narrativa e tecendo seus comentários. Além disso, ele faz uso da filosofia e psicologia para explicar seu ponto de vista.


 Seu principal objetivo é determinar o que é o Cristianismo em si, sem receios ou hesitações. Uma das coisas que mais me impressionaram durante a leitura foi a atemporalidade da obra, que mesmo tendo sido publicada há mais de 60 anos atrás, poderia ter sido facilmente escrita em 2020.


"A realidade, na verdade, geralmente é algo que você não teria imaginado, e esse é um dos motivos pelos quais eu acredito no cristianismo."


  A linguagem usada pelo autor é de fácil entendimento, e por mais que no início o leitor se sinta perdido, não demora muito para entender em que ponto Lewis quer chegar e compreender suas explicações sempre ilustradas com exemplos do cotidiano. 


 Falando como uma mulher cristã, eu afirmo sem sombra de dúvidas que essa foi a minha melhor leitura de 2020. Além dos princípios da religião, o autor discorre sobre temas que geram dúvidas e curiosidades até para os próprios cristãos. A criação do mundo, livre -arbítrio, bondade e maldade... por aí vai.


"Por que então Deus concede o livre-arbítrio? Porque o livre-arbítrio, embora possibilite o mal, também é a única coisa que torna possível todo o amor, toda a bondade ou toda a alegria. Um mundo de autômatos - de criaturas que trabalhassem feito máquinas - dificilmente valeria a pena ser criado."




 Talvez você esteja lendo essa resenha e pensando que esse livro não é para você, ou até mesmo tenha achado toda a premissa entediante. Mas essa é o tipo de leitura que recomendaria para qualquer pessoa, independente de sua religião ou idade.


 Falando um pouquinho dessa edição, é uma das mais bonitas da minha estante. A capa tem uns detalhes em alto relevo e a diagramação está impecável! Foi o primeiro livro que adquiri da editora, e já quero mais. Estão de parabéns! 


"Teologia significa "ciência de Deus", e penso que qualquer pessoa que queira pensar sobre Deus de alguma maneira gostaria de ter a noção mais clara e precisa possível sobre ele."



3 comentários:

  1. Eu não sabia que o autor também escrevia sobre religião. Confesso que de cara achei o livro do tipo que "não é pra mim" mas fiquei curiosa com a sua resenha, parece ser uma leitura mais pra estudo, gostei de conhecer um pouco sobre! Essa edição é linda demais a combinação das cores está perfeita! <3
    Beijoss, Blog Seja Agridoce ♥️♥️♥️

    ResponderExcluir
  2. Ei, Laura, eu ainda não conhecia esse livro, mas o autor é muito famoso, mas só o conhecia por ter escrito as crônicas de Nárnia. A capa do livro é lindíssima, eu atualmente tenho tido preferência por livros de ficção, então eu vou postergar essa leitura. Mas é ótimo quando a gente gosta tanto de um livro e ele nos surpreende tão positivamente!


    Books House

    ResponderExcluir
  3. Oi, Laura! Eu já li alguns livros do autor e gostei do que li, embora não fosse o que eu esperava. Ele escreve muitíssimo bem, não é mesmo! Este aí eu não li, contudo acho o tema importante para ser debatido, embora admita que o tema não seja um dos meus preferidos. Sua resenha ficou maravilhosa! Que bom que a leitura lhe agradou por completo. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir


Oba! Leu o post e quer comentar? Fico muito feliz em saber! Não se esqueça de deixar o link do seu blog e/ou site para que eu possa retribuir.
Comentários como "Amei seu blog, sdv?" serão ignorados! Leia o post e seja gentil ♥

Instagram: @estantebibliografica