Resenha: Olhos Prateados - Kira Breed-wrisley e Scott Cawthon

Título do livro: Olhos Prateados
Autor(a):  Kira Breed-wrisley e Scott Cawthon
Número de páginas: 367
Editora: Intríseca
Sinopse: Do criador dos games FIVE NIGHTS AT FREDDY’S, uma história que expande o universo dos jogos, repleta de terror e suspense. No popular videogame criado por Scott Cawthon, o jogador assume o papel de um segurança contratado para tomar conta de uma pizzaria durante a noite, enquanto os animatrônicos perambulam e ganham ímpeto violento. Mas o mistério por trás dessas criaturas e dos assassinatos que ocorreram ali nunca foi desvendado... até agora. 
 Olhos prateados extrapola o universo que conquistou fãs no mundo todo e traz à tona os medos mais obscuros que só brinquedos sinistros são capazes de provocar. O primeiro livro da trilogia Five Nights at Freddy’s leva o leitor ao mundo de Charlie, uma adolescente que volta para sua cidade natal quando é convidada para participar de uma homenagem a um de seus amigos de infância, morto dez anos atrás, em circunstâncias misteriosas, dentro da pizzaria do pai dela.
 Tomados pela nostalgia e determinados a desvendar o crime jamais solucionado, Charlie e seus amigos acabam voltando à pizzaria, agora totalmente abandonada. Eles logo vão descobrir que as coisas lá dentro não são mais as mesmas. Os quatro animatrônicos mudaram. Os bonecos que antes encantavam as crianças agora guardam um segredo sombrio... e um plano mortal.

 


Resenha: Five Nights At Freddy's é um jogo eletrônico de survival horror disponível para PC e celular lançado em 2014. Desde então, a série conquistou inúmeros jogadores ao redor do mundo e ganhou outras três sequências seguindo a mesma temática: sobreviver aos 5 dias na pizzaria, sem ser morto por nenhum dos animatrônicos. Devido ao sucesso estrondoso, em 2016 foi anunciado o lançamento de uma trilogia de livros baseada no universo da saga.

 Em Olhos Prateados, o primeiro livro, acompanhamos Charlie uma adolescente de 17 anos que sofreu alguns traumas em sua vida. Filha de Henry, dono da pizzaria Freddy Fazbear's, a menina tinha uma infância mágica e feliz. Passava grande parte dos seus dias com seus amigos no estabelecimento do pai cercada pelos animatrônicos (que nada mais eram que robôs em formato de animais com 2 metros de altura) e pelo clima de diversão que embalava o ambiente. Até que em um fatídico dia, um de seus amigos, Michael acaba desaparecendo dentro da Freddy Fazbear's. 


"O corpo do filho jamais fora encontrado. Como não teriam, lá no fundo, a esperança de que ele voltasse para casa um dia, ainda que soubessem que era quase impossível? Como abandonariam o único lar que Michael conhecera?"

 As coisas pioram quando outras crianças começam a desaparecer e o estabelecimento é fechado. A vida de Charlie e seus amigos muda da noite para o dia, e grande parte deles decide sair da cidade.  Dez anos depois do acidente, os habitantes de Hurricane (a pequena cidade onde Charlie e os amigos viviam), resolvem fazer uma homenagem em memória de Michael, a primeira vítima. Em respeito ao amigo, Charlie e os demais se veem novamente no local que tanto lhes causou dor e sofrimento.

 De início a situação é um pouco estranha. Charlie perdeu o contato com a maioria dos amigos na época da tragédia e é difícil perceber o quanto as pessoas mudam em dez anos. Mas após conversarem e conhecerem mais uns aos outros, os amigos resolvem voltar à antiga pizzaria, que permaneceu fechada durante todo esse tempo. 

" Ela se perguntou como estariam os outros, que haviam se tornado. Dez anos antes, eram todos melhores amigos. E então, aquilo aconteceu, e tudo acabou,pelo menos para Charlie."

 É nesse ponto que a história realmente engata, e somos apresentados aos acontecimentos principais. A pizzaria não é mais tão amigável quanto os adolescentes pensavam e as respostas para o mistério a respeito do desaparecimento das crianças estão prestes a ser desvendadas. Mas ao contrário do que até Charlie pensa, Henry não é o responsável..

  O primeiro ponto positivo a ser destacado, é que mesmo que você não conheça a história de Five Nights At Freddy's e nunca tenha sequer jogado, isso não será um problema durante a leitura. A narrativa é inspirada nos jogos, mas é independente ao mesmo tempo.
Os acontecimentos são todos explicados e detalhados, o que se torna outro ponto positivo.

 "Ali estavam eles. Olhos grandes e sem vida a encaravam no escuro. Uma onda de pânico irracional se espalhou por seu corpo, e ela sentiu o tempo parar. Ninguém falava, ninguém respirava - era como se um predador estivesse à espreita."

 A obra é muito bem desenvolvida e escrita. Os ambientes, as ações, as características dos personagens... São poucos os autores que conseguem usar o recurso sem deixar a história monótona, e Kira e Scott conseguiram fazer isso com maestria, dando um toque ainda mais aterrorizante.

 Olhos Prateados apesar de ser um pouco previsível, é também repleto de reviravoltas e momentos de tensão. Os personagens não são tão cativantes (diria até que são sem sal), mas não se torna um problema porque o foco da narrativa é nos animatrônicos, na pizzaria e as razões que levam os animais mecânicos a fazer o que eles fazem (e quem está por trás de tudo isso).

"Antes que pudesse se virar de vez, a fantasia se jogou para a frente, aterrissando em cima dele com o peso morto de um cadáver. A coisa ficou imóvel por um momento, até que, sem aviso, começou a se debater violentamente, segurando o policial com mãos fortes, mãos não humanas."

 É uma leitura muito tensa, deixando o leitor muitas vezes sem fôlego para saber qual será o desfecho dos acontecimentos narrados. E apesar de os animatrônicos em si não terem uma aparência assustadora (alguns são até bonitinhos haha), são as suas ações que causam o terror presente em toda a história tornando o livro muito bem desenvolvido e narrado, decepcionando em poucos aspectos (como no caso dos personagens, que às vezes irritam e um pequeno detalhe no final). Uma leitura indispensável tanto para quem já é fã dos jogos, tanto para quem gosta de uma boa história de suspense/terror.

Classificação:



 

20 comentários:

  1. Oi, Laura. Tudo bem? Eu ainda não conhecia esse livro, vim conhecê-lo aqui em seu blog. Ao ler sua resenha fiquei bastante interessado nessa obra. Ótima resenha,abraços!

    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luciano! Estou bem e você? :) Acho que o livro é mais conhecido entre os jogadores mesmo haha, mas que bom que te interessou! É uma história muito boa e fico feliz em ver que gostou da resenha :D

      Excluir
  2. mt bacana conhecer esse livro, to querendo ler mais esse tipo de thriller pra diversificar minhas leituras

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lívia! Eu super indico esse pra você ;D Sem sombra de dúvidas é um dos livros mais diferentes que já li e é super bem desenvolvido.

      Excluir
  3. Oi Laura,
    Não conhecia o livro, nem o jogo, rs.
    Parece ser interessante e criativo, nunca vi uma história sobre como sobreviver e uma pizzaria com animatrônicos. HAHAHAH
    beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alessandra! Sério? Eu sou suspeita em falar porque conheço o jogo desde o lançamento e sei todas as músicas, teorias, personagens.. haha bem viciada! A história é bem diferente mesmo e o pior é que foi baseada em um crime de verdade e em uma pizzaria com animatrônicos de verdade!

      Excluir
    2. Estou ainda mais chocada por ser verdade.
      Porém, convenhamos... animatrônicos são um pouco assustadores, rs.
      beeijos
      http://estante-da-ale.blogspot.com/

      Excluir
    3. Pois é, menina! Vou ver se faço uma postagem aqui no blog contando mais sobre :)

      Excluir
  4. Olá!!
    Não conhecia o livro nem o jogo mas me interessei muito na história
    Beijos
    https://focadasnoslivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Thayná! Que bom que te interessou! É uma leitura que eu recomendo bastante :) Se vier a ler, não esquece de me contar o que achou!

      Excluir
  5. Olá, Laura.
    Eu já tinha visto uma resenha desse livro e até cogitei comprar ele. Mas depois acabei desistindo hehe. Vou colocar na lista novamente.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sil! Haha, sério? Eu gostei bastante dele! Como disse na resenha, foram poucos os aspectos que me decepcionaram mas nada que prejudique o desenrolar da história. Se ler, não esquece de me contar se gostou ou não :D

      Excluir
  6. Oi, Laura!
    Não conhecia o livro. Mas fiquei bastante curiosa, adoro histórias cheias de reviravoltas.
    Adorei a resenha.

    Beijos
    Construindo Estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Eliana! Que bom que gostou da resenha ♥ O livro é cheio de reviravoltas mesmo e até algumas surpresas :)

      Excluir
  7. Oi, Laura.
    Eita... Eu já tinha visto o livro por aí, nas redes sociais, mas nunca tinha lido uma resenha.
    Deusdocéu... Mas do jogo? Nunca nem tinha ouvido falar rs.

    Quero muito ler.

    Adorei as fotos.

    Tenha uma ótima semana.
    Abraços,
    Naty

    http://www.revelandosentimentos.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Naty! O lançamento da série fez muito barulho nas redes sociais em 2016, mas nunca mais soube nada. Parece que o terceiro livro ainda não chegou ao Brasil e nem tem uma tradução ainda :(
      Conheço o jogo desde e o lançamento e sei muito sobre a série, de tanto pesquisar e elaborar teorias haha. Que bom que gostou ♥ Uma boa semana para você também!

      Excluir
  8. Oi Laura,
    Gostei da proposta do livro mas acho que não leria no momento, ao mesmo tempo adorei conhecer este livro por seus olhos!

    Beijos Mila

    Daily of Books Mila

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Camila! Ah sim entendo perfeitamente :D Fico feliz em ver que gostou da resenha ♥

      Excluir
  9. Oiii laura

    Eu ainda não tinha visto nenhuma opinião sobre esse livro, ele não é tão conhecido e eu gostei bastante de conhecer mais sobre ele porque tem o tipo de premissa que gosto e mesmo sendo um pouco previsivel acho que seria uma leitura bacana pra mim por ter suas reviravoltas e ser meu estilo, vou anotar a dica.

    Beijos, Ivy

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, Ivy! Acredito que o lançamento do livro fez mais barulho entre os jogadores, que estavam esperando por isso já (agora só falta o filme!). É verdade, apesar de ser um pouco previsível ele apresenta vários conflitos e plot twists ao longo da narrativa. Se chegar a lê-lo, não esquece de me contar o que achou :D

      Excluir

Oi! Primeiramente gostaria de agradecer a sua visita! Fico feliz em ver que quer deixar um comentário, sinta-se em casa!
Pode opinar à vontade e expor suas opiniões, só não vamos gerar brigas e discussões desnecessárias, ok?
Não se esqueça de deixar o link do seu blog para que eu possa visitá-lo também, e se gostou do Estante Bibliográfica não esqueça de seguir! Ajuda muito na divulgação ♥
Um beijo e volte sempre!