O que o livro "Alice no País das Maravilhas" nos ensina?


 

Boa tarde pessoal!

 

 Eu sempre gosto de pensar que cada livro nos traz uma lição, independentemente do gênero literário ou público-alvo. Esses dias me peguei analisando o livro "Alice no País das Maravilhas", clássico do Lewis Carroll e o meu favorito, e consegui extrair dele vários ensinamentos interessantes. Confira lendo o restante do post! 

 

Resenha: O Elevador Ersatz - Lemony Snicket (Desventuras Em Série)


Título do livro: O Elevador Ersatz

Autor(a): Lemony Snicket

Editora: Seguinte

Número de páginas: 232

Está disponível no Kindle Unlimited? Não!

Sinopse: Como nos episódios anteriores, o sexto livro de Desventuras em série está repleto de desgraça, desespero e mal-estar. Quando essa nova desilusão começa, os irmãos Baudelaire estão acompanhados do Sr. Poe, um executivo de banco que ficara encarregado das crianças depois da morte dos pais deles num horrível incêndio.


Eles vão até à residência da família Squalor, os novos tutores dos Baudelaire. O Sr. Poe acredita que ali Violet, Klaus e Sunny estarão a salvo do ganancioso e traiçoeiro Conde Olaf, que foi o primeiro tutor dos três irmãos e que pretende, desde então, apropriar-se da fortuna herdada pelos Baudelaire. A última maldade cometida por Conde Olaf foi raptar os trigêmeos Quagmire, de quem os Baudelaire haviam ficado amigos no colégio interno.


 Jerome e Esmé Squalor moram num apartamento de cobertura na Avenida Sombria. Para o desânimo dos três irmãos, o elevador do prédio foi desligado e eles são obrigados a chegar ao último andar pelas escadas escuras e tenebrosas.


Depois de muitos e muitos degraus, eles finalmente chegam à casa nova, um enorme apartamento com 71 quartos, e descobrem que seus novos pais os tinham adotado apenas porque ter órfãos estava na moda.


Os irmãos parecem bem instalados, mas uma nova aparição do Conde Olaf vem trazer pavor aos Baudelaire. Eles agora têm de descobrir um jeito de se livrar dessa pérfida ameaça.


 A resposta pode estar no elevador ersatz, uma passagem secreta tão escura quanto "uma pantera negra como azeviche, coberta de piche, comendo alcaçuz preto no ponto mais profundo da parte mais funda do Mar Negro". E os perigos estão só começando. Dali em diante, uma montanha de horrores e desgostos ainda espera pelos desafortunados irmãos Baudelaire. 


Resenha: Anne de Avonlea - L.M. Montgomery


Título do livro: Anne de Avonlea

Autor(a): L.M. Montgomery

Editora: Ciranda Cultural 

Número de páginas: 288

Está disponível no Kindle Unlimited? Não!

Sinopse: Agora com 16 anos, sentindo-se quase adulta, Anne está prestes a começar a lecionar na escola de Avonlea, a realidade de seu trabalho torna-se um teste para seu caráter, surgindo várias dúvidas quanto ao seu futuro. Ela conquistou o amor do povoado e se tornou uma ativa participante de uma associação para melhorias em Avonlea. Enfim, Anne decide deixar tudo para ir atrás de seu grande sonho.


Instagram: @estantebibliografica