Resenha: O Lago das Sanguessugas - Lemony Snicket (Desventuras Em Série)

Resultado de imagem para o lago das sanguessugasTítulo do livro: O Lago das Sanguessugas
Autor(a): Lemony Snicket
Editora: Seguinte
Número de páginas: 214
Sinopse: O misterioso autor das Desventuras em Série não só alcançou a lista de best-sellers infanto-juvenis do New York Times, como conseguiu entrar em todas as outras principais referências de vendagem americanas. Com sua estranha franqueza, na contracapa deste livro ele manda um recado a seus possíveis leitores: "Se você ainda não leu nada sobre os órfãos Baudelaire, é preciso que antes mesmo de começar a primeira frase deste livro fique sabendo o seguinte: Violet, Klaus e Sunny são legais e superinteligentes, mas a vida deles, lamento dizer, está repleta de má sorte e infelicidade. Todas as histórias sobre essas três crianças são uma tristeza e uma verdadeira desgraça, e a que você tem nas mãos talvez seja a pior de todas. Se você não tem estômago para engolir uma história que inclui um furacão, uma invenção para sinalizar pedidos de socorro, sanguessugas famintas, caldo frio de pepinos, um horrendo vilão e uma boneca chamada Perfeita Fortuna, é provável que se desespere ao ler este livro. Continuarei a registrar essas histórias trágicas, pois é o que sei fazer. Cabe a você, no entanto, decidir se verdadeiramente será capaz de suportar esta história de horrores". Respeitosamente. Lemony Snicket.


Resenha: Em O Lago das Sanguessugas, somos transportados mais uma vez ao universo desafortunado dos órfãos Baudelaire. Os irmãos, agora sob os cuidados de uma nova tutora sua Tia Josephine, enfrentam mais uma vez o pérfido Conde Olaf e os problemas que ele traz.


 Tia Josephine mora numa casa no alto de uma montanha, com uma linda vista para o Lago Lacrimoso. Mas a mulher é a mais problemática de todos os tutores que os irmãos já tiveram. Ela não liga o fogão por medo de que ele exploda, não toma sopa quente com medo de se queimar, tem medo de encostar nas maçanetas porque elas podem explodir em milhões de pedacinhos e uma série de outros medos totalmente irracionais.

"Porque, embora Violet, Klaus e Sunny estivessem prestes a passar por experiências emocionantes e memoráveis, estas não seriam emocionantes e memoráveis tipo ter a sorte lida por alguém ou assistir a um rodeio. Sua aventura seria emocionante e memorável tipo ser perseguido por um lobisomem num campo de arbustos com espinhos venenosos à meia-noite sem ninguém por perto para vir em socorro."

  Mas mesmo tomando todas essas precauções, Tia Josephine não fica imune à aparição do Conde Olaf, e os Baudelaire além de terem que lidar com essa nova rotina a que a mulher os submete, são obrigados a traçar um novo plano contra o vilão para que mais desgraças não venham a acontecer.



 O terceiro volume da saga fecha o ciclo repetitivo que vemos desde o primeiro: Tia Josephine é a última tutora dos Baudelaire e no livro seguinte acompanhamos a mudança dos órfãos para uma nova cidade, onde irão trabalhar numa serralheria.


"Mas embora Violet jamais tivesse visto alguém com uma perna de pau, não foi por isso que ela não conseguiu terminar a frase. O motivo se relacionava com algo que ela já tinha visto — o brilho intenso, muito intenso, no único olho daquele homem, e, acima do olho, uma única sobrancelha comprida."

 Lemony Snicket é brilhante nas críticas feitas ao longo da narrativa, e mais uma vez os Baudelaire provam o quanto são corajosos e brilhantes, mesmo nas situações mais difíceis e desesperadoras.

 Por ser ambientada no Lago Lacrimoso, a história tem um tom mais sombrio que as anteriores e é bem mais miraculosa também. Conhecemos outros capangas do Conde Olaf e é no terceiro volume que percebemos de fato o quanto o vilão pode ser cruel para alcançar os seus objetivos.
"Bem, eu estava sentado no meu barco, poucas semanas atrás", disse o capitão Sham. "Comia macarrão à puttanesca, e deixei cair um pouco em minha perna. Antes que eu percebesse o que acontecera, as sanguessugas se lançaram ao ataque.""Exatamente como aconteceu ao meu marido", disse tia Josephine, mordendo o lábio. Os Baudelaire, todos os três, cerraram os punhos, frustrados. Sabiam que a história do capitão Sham sobre o molho puttanesca era tão falsa quanto o seu nome, mas não tinham como prová-lo.
 Lago das Sanguessugas é um dos meus livros favoritos da série. Ao mesmo tempo em que fecha um ciclo, abre novos ganchos para outro e deixa o leitor exasperado, querendo saber o que vai acontecer com os órfãos Baudelaire em seguida.

Classificação:







22 comentários:

  1. Oi, Laura tudo bem? Que resenha incrível, parabéns. Eu amo suas resenhas. Esse livro é o mais diferente da trilogia, também é o meu predileto dessa série. Apesar de os anteriores serem muito bons e atraentes também, mas esse aí especificamente deixa o leitor(a) exasperado. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/a

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luciano! Estou bem e você? Fico feliz em ver que gostou :D
      A história é bem diferente das outras mesmo e eu acho super interessante por se passar no Lago Lacrimoso.

      Excluir
  2. Olá, Laura.
    Como eu li os livros todos em sequencia acabei não gostando de ver tanta tragédia junto hehe. Mas esse é um dos que mais gosto também.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sil! Gostar de Desventuras Em Série é a mesma coisa que gostar de passar raiva haha
      O que eu mais gosto nesse é que tem o Lago Lacrimoso como pano de fundo e eu acho super interessante :D

      Excluir
  3. Oie!
    Passei os últimos três anos acompanhando desventuras em série. Primeiro comecei com o filme e não gostei muito porque na época não entendi nada, mas depois com a série na Netflix meio que viciei em tudo, acompanhei cada temporada e no meio disso li os treze livros haha.
    Gostei muito da narrativa peculiar de Lemony Snicket apesar de meio cansativa as vezes, mas a experiência valeu a pena! Até hoje fico vendo teorias por aí...

    Abraços,

    L de Saturno

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lívia! Comigo foi bem parecido, tirando que sempre amei o filme mas ficava aquele gostinho de quero mais para saber o que teria acontecido aos Baudelaire. Foi então que a Netflix anunciou a série e acompanhei ela por três anos também e sinto muita falta de novos episódios :(
      É verdade, a narrativa às vezes cansa mas é uma história tão rica em detalhes que vale super a pena ter paciência haha. Eu também amo ver as teorias ♥

      Excluir
  4. Oi Laura, gosto de livros com tons sombrios, mas não leria estes livros, e eu também não vi a adaptação :(

    Beijos Mila
    Daily of Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Camila! DES é beeem sombria. Mas entendo :) Eu, estranhamente, gosto mais da adaptação do que dos livros em si. Acredita? haha

      Excluir
  5. Amei sua resenha, Laura. Ainda não conhecia esses livros, mas são tão tantas tragédias juntas que fico triste sem nem começar a ler, rs. Fiquei curiosa para me aprofundar na história! ❤

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Kaila! Que bom que gostou ♥ Como diria o próprio Lemony Snicket: essa não é uma história feliz, com um final feliz e são poucos os acontecimentos felizes no meio.
      Já resume tudo, né? haha Mas é uma história tão cheia de detalhes e bem desenvolvida, que vale a pena! Estou resenhando toda a série, e já tem os três primeiros aqui no blog :D

      Excluir
  6. Oi
    que bom que está gostando das leituras dessa série, nunca li nada dela. Quantos livros são?

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Denise! Estou gostando bastante mesmo :D São 13 livros, todos bem curtinhos e a narrativa é tão interessante que a gente mal se dá conta!

      Excluir
  7. Oi, Laura!

    Eu não sou chegada nos livros nem na série, acho que só o filme eu gostei de verdade, mas fico feliz de saber que a leitura está te agradando e que esse volume foi satisfatório!

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol! Uma coisa que tem no filme e que senti muuita falta na série, é do estilo gótico. Fiquei super chocada quando vi Violet Baudelaire usando vestidos floridos e cor-de-rosa, mas depois me acostumei haha.
      O filme é realmente muito bom, uma pena que não tenha tido sucesso e que o roteiro tenha sido feito de forma tão apressada :(

      Excluir
  8. Oi Laura
    O meu único contato com "Desventuras em série " foi com o filme com o Jim Carrey e até gostei do filme.
    Mas ainda não criei ânimo de assistir a série ou ler os livros ,apesar de ter curiosidade.
    Acredita que eu pensava que em todos os livros os irmãos tinha um tutor diferente?
    Ainda bem que o autor não fez isso porque seria uma chatice.

    Amei sua resenha

    Beijos

    Meu mundinho quase perfeito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Babi! O Jim Carrey como Conde Olaf foi perfeito, né? Também gosto bastante do filme, apesar do roteiro falho.
      Eu recomendaria, primeiramente, a série! Ela tem menos enrolação que os livros e é super fiel à narrativa. Eu primeiro vi todos os episódios e agora estou lendo a série completa.
      Haha, ainda bem que não é assim mesmo! Chega numa fase que os Baudelaire passam a cuidar de si mesmos, sem tutores nem nada do tipo. São os livros mais interessantes, pra mim :D E que bom que gostou da resenha!

      Excluir
  9. Tenho tanta vontade de iniciar essa série!! Sempre adorei os filmes e séries!

    Beijos

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Leyanne! Eu super indico a leitura :D E o melhor de tudo é que a série é super fiel aos livros.

      Excluir
  10. Oi! Menina, eu li essa obra e sou apaixonada por essa série. Hoje em dia não sei se leria, acho que cresci demais kkk mas eu adoro esse livro, um dos melhores.
    Beijo
    https://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Miriã! Eu também amo demais acompanhar as desventuras dos Baudelaire ♥ Haha eu entendo. Já cheguei a reler livros que amava quando era mais nova, e percebi que um pouco daquela magia toda havia se dissipado :(

      Excluir
  11. adorei essa resenha, eu sempre quis ler os livros do desventuras em serie

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir

Oi! Primeiramente gostaria de agradecer a sua visita! Fico feliz em ver que quer deixar um comentário, sinta-se em casa!
Pode opinar à vontade e expor suas opiniões, só não vamos gerar brigas e discussões desnecessárias, ok?
Não se esqueça de deixar o link do seu blog para que eu possa visitá-lo também, e se gostou do Estante Bibliográfica não esqueça de seguir! Ajuda muito na divulgação ♥
Um beijo e volte sempre!