Resenha: Minha Vida (Não Tão) Perfeita - Sophie Kinsella


Título do livro: Minha Vida (Não Tão) Perfeita
Autor(a): Sophie Kinsella 
Número de páginas: 406
Editora: Record
Sinopse: Dramas, confusões e uma boa dose de amor são os ingredientes do novo romance de Sophie Kinsella. Cat Brenner tem uma vida perfeita: mora num flat em Londres, tem um emprego glamouroso e um perfil supercool no Instagram. Ah, ok... Não é bem assim... Ela mora em um quarto minúsculo, seu trabalho numa agência de publicidade é burocrático e chato, e a vida que compartilha no Instagram não reflete exatamente a realidade. E seu nome verdadeiro nem é Cat, é Katie. Mas ela acredita que seus sonhos se tornarão realidade, que ela será reconhecida pela chefe... Até que tudo começa a dar errado. Após muitas confusões, dúvidas e uma mudança radical em si mesma, Katie percebe que nada é como ela imaginava. Afinal, o que há de errado em ter uma vida (não tão) perfeita?
Resenha: Em Minha Vida (Não Tão) Perfeita, acompanhamos a narrativa de Katie Brenner, uma garota nascida em Sommerset (interior da Inglaterra) que sempre sonhou com uma vida repleta de glamour e sucesso em Londres. 

Formada em Design, Katie vê seus sonhos se tornarem realidade quando consegue um emprego na Cooper Clemmow, empresa de branding localizada na cidade. De Katie ela passa a ser Cat, e faz uma mudança extrema no visual, deixando até o sotaque interiorano de lado. Tudo para ser o mais londrina possível.

 Porém, nem tudo é tão maravilhoso quanto Katie pensava que seria. Seu apartamento alugado é minúsculo e ela divide o espaço com mais dois colegas de quarto nada simpáticos. A distância entre sua casa e o trabalho é tortuosa e o seu cargo na empresa não é tão incrível quanto ela gostaria.

 Apesar da constante frustração, Katie Cat mostra uma vida completamente diferente no seu perfil do Instagram. Paisagens londrinas, cafés chiques e bem frequentados e passeios luxuosos compõem o seu feed.


"Um dia minha vida vai ser tudo aquilo que eu posto no Instagram. Um dia ela vai ser!"

 O que faz com que cada vez mais ela inveje sua chefe, Demeter (odiada por 90% de seus funcionários). Ela sim não precisava fingir ter uma vida perfeita no Instagram, porque ela já tem tudo! Mansão dos sonhos, família digna de comercial de margarina, o cargo mais importante da empresa, viagens incríveis... 


 Mas, ao contrário do Katie Cat pensa, a vida de Demeter não é tão magnífica assim. E inúmeros acontecimentos e confusões vão acabar unindo essas duas, mostrando que elas compartilham mais coisas em comum do que imaginam.

 Com uma escrita leve e leitura divertida, o livro torna-se mais um bom trabalho de Sophie Kinsella, mas nem de longe é um dos melhores.  Além dos problemas de Katie com o trabalho, vivenciamos por meio da leitura os conflitos com o pai, que não entende porque a filha deixou a vida tranquila em pacata em Somerset, para enfrentar os horrores e perigos de Londres.


"Eu tive que escolher: seguir meu coração ou não machucar o dele. E acho que, no fim das contas, acabei machucando o meu coração e o dele.."

 O romance, característico do gênero literário, nesse livro é deixado em segundo plano. Tem sua importância para o desenvolvimento da história, porém perde o lugar para a relação de amizade que Katie e Demeter constroem, que é bem mais interessante de acompanhar.

 Fazendo com que o grande destaque da narrativa seja a questão das relações humanas com as redes sociais. Vivemos num mundo de aparências, onde a vida perfeita do Instagram é mais importante do que a vida real. As pessoas fazem de tudo por uma boa foto e criam falsas histórias, onde a perfeição existe e é inalcançável. 


 Em resumo, Minha Vida (Não Tão) Perfeita é um livro leve, divertido, um tanto clichê mas que aborda assuntos atuais e traz alguns ensinamentos. Apesar disso, não se trata de uma leitura imprescindível. A menos que você seja fã do trabalho da Sophie ou esteja em busca de uma leitura tranquila.


"Acho que finalmente descobri como me sentir bem em relação à vida. Sempre que vir alguém muito feliz, lembre-se essa pessoa também tem seus momentos não tão perfeitos. Claro que tem. E, sempre que você vir sua própria situação não tão perfeita, se sentir desesperado e pensar: minha vida é isso?, lembre-se: não é. Todo mundo tem um lado brilhante, ainda que seja difícil encontrar, às vezes."





Quer saber mais sobre Katie Brenner? Garanta ainda hoje seu exemplar de Minha Vida (Não Tão) Perfeita pela Amazon!


22 comentários:

  1. Oi Laura,
    Eu até que gostei desse livro. Não sou muito de comédias românticas, pois prefiro um drama, mas foi bom ler esse livro no ano passado para intercalar com leituras mais densas.
    Gosto da abordagem de vida perfeita apenas nas redes sociais.
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ale!
      Achei ele legalzinho.. acho que no fundo esperava um pouquinho mais haha. Comédia romântica é um dos meus gêneros favoritos, mas ultimamente estou tentando intercalar mais minhas leituras :D
      Esse foi um dos pontos que mais gostei na narrativa! É super atual, né?

      Excluir
  2. Oi, Laura tudo bem? Eu não li este livro, mas me parece uma leitura tranquila. Li outros livros da autora e gostei.Ótima resenha. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luciano! Estou bem e você? :D
      É exatamente esse tipo de livro mesmo! Gosto muito da escrita da Sophie. Fico feliz em ver que gostou!

      Excluir
  3. A autora é conhecida por sua escrita leve e divertida. Li O Segredo de Emma Corrigan e amei o livro. Já Mas tem que ser mesmo para sempre? não curti tanto assim. Pela sua resenha acredito que Minha Vida (Não Tão) Perfeita deve se encaixar em um meio termo entre esse dois livros. Acho que vi ele no Kindle Unlimited, vou procurar depois para confirmar. Valeu dica.


    Blog Profano Feminino

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! É verdade! Gosto bastante do estilo da escrita da Sophie e já li alguns livros dela que me impressionaram bastante. Já cheguei a começar a leitura de O Segredo da Emma Corrigan, mas ainda não finalizei :P Você viu que lançaram um filme?
      Esse eu não conhecia! E sim está no Kindle Unlimited, foi por lá que eu li. Depois me conta o que achou da leitura :D

      Excluir
  4. Oi, Laura
    Já eu gostei muito dessa obra. Sou fã de carteirinha das obras da Sophie, e quando lançou fiquei louca para conhecer Katie. Achei o crescimento dela ao longo da narrativa bastante notável.
    Beijo!
    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Miriã! Eu também amo a Sophie! Acho que o que me fez dar uma nota baixa para esse livro em questão, foi a falta de envolvimento com o casal protagonista :/
      Achei que eles poderiam ter aparecido mais, sabe?
      O crescimento da Kate é algo notório na história e foi realmente muito legal poder acompanhá-lo :D

      Excluir
  5. Olá!
    Tão bom livros leves e gostosinhos nesse período que estamos vivendo né?
    Eu também li esse livro e amei! É um clichê que você nem vê o tempo passar.

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mônica! Nossa nem me fala!
      Esse tipo de história deixa nosso coração quentinho e esperançoso de novo! ♥
      Gosto da Sophie porque a maioria de suas histórias tem essa característica, e tudo sempre acaba em final feliz haha

      Excluir
  6. Parece uma leitura leve e divertida, bem no estilo da escritora! Ainda não li nada dela mas quero começar por um clássico hahaha
    Beijoss

    Primavera Agridoce ♥️♥️♥️

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bruna! Realmente o livro é tudo isso haha
      Eu realmente amo os livros da Sophie, apesar de muitas vezes ter alguns probleminhas com ela. Eu aconselharia a começar por Fiquei Com Seu Número. Já resenhei aqui no blog e é o meu favorito ♥ Se ler, não esquece de me contar sua opinião :D

      Excluir
  7. Nunca li algo da Sophie Kinsella, mas tenho vontade de ler algo dela há anos (tenho certeza que tem uns dois livros dela na minha lista de quero ler).
    Eu acho um charme tremendo livros que se passam na Inglaterra e gostei da profissão da protagonista, acho que agora vão ter 3 livros da Sophie no meu "quero ler" agora rsrsrs.

    Beijão
    https://deiumjeito.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Giovana!
      Conheci a Sophie ano passado e nunca me canso de ler suas histórias haha
      A maioria dos livros dela (pelo menos os que li até agora), se passam na Inglaterra. Um dos que mais impressiona, é Samantha Sweet, Executiva do Lar. Os cenários são TÃO lindos, que dá vontade de morar dentro do livro ♥
      E graças às suas histórias, conheci de pertinho várias profissões interessantes e suas rotinas :D

      Excluir
  8. Olá, Laura.
    Eu amo os livros da Sophie. Mas ultimamente os livros dela que estão lançando por aqui estão deixando um pouco a desejar. Acho que a gente se acostumou com os livros maravilhosos dela e só quer livros nesse nível hehe. Mas ainda gosto hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sil! Sabe que eu tive a mesma impressão? haha
      O que mais senti falta nesse livro foi de química em relação ao casal protagonista. Problema esse que não vi em outras histórias da Sophie :/
      Eu acho que foi isso mesmo que aconteceu haha Depois de Sam Roxton, acho que ela nunca mais vai conseguir escrever um personagem TÃO MARAVILHOSO ♥

      Excluir
  9. Oi Laura, tudo bem? Eu li poucos livros da Kinsella, mas o que li gostei bastante. Eu acho a premissa desse interessante e tb a personalidade da protagonista. Embora não seja imprescindível tenho curiosidade.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mi! Eu gosto bastante da autora, principalmente de sua escrita :D
      A Katie amadurece bastante ao longo da narrativa, e apesar de eu não ter amado esse livro, é uma boa leitura para intercalar com outras mais pesadas haha
      Se ler, não esquece de me contar o que achou ;)

      Excluir
  10. Olá!
    Esse livro sem dúvida está na minha lista de leitura, espero acabar o calhamaço que estou lendo para iniciar esse livro. Acho que vou precisar de uma leitura leve e tranquila e vou pegar esse livro para ler.
    Beijocas.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vanessa! É o tipo de leitura perfeita pra intercalar com outras mais pesadas mesmo :D
      Depois quero saber o que você achou! Não esquece de me contar hein ;)

      Excluir
  11. Eu não sou fã de romances, mas Sophie Kinsella sempre consegue me conquistar. Li esse livro e gostei bastante dele, como vc disse, é uma leitura leve e traz bons ensinamentos sobre a vida offline, não é uma leitura indispensável, mas é uma boa pedida para espantar o tédio da quarentena.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Leslie! Você conseguiu resumir bem o que quis passar por meio da resenha haha. É bom para passar o tempo, tem algumas coisas legais e só. Não é nada de impressionante, mas também não significa que seja ruim :)
      Só não é tão incrível quanto outras histórias da autora.

      Excluir

Oba! Leu o post e quer comentar? Fico muito feliz em saber! Não se esqueça de deixar o link do seu blog e/ou site para que eu possa retribuir.
Comentários como "Amei seu blog, sdv?" serão ignorados! Leia o post e seja gentil ♥