Resenha: Confissões de Uma Terapeuta - Renata Lustosa


Título do livro: Confissões de Uma Terapeuta
Autor(a): Renata Lustosa
Editora: Independente
Número de páginas: 314
Sinopse: Melissa Belinque é uma garota planejada. Muito planejada. Apaixonada por seu melhor amigo e formada em Psicologia, ela é uma terapeuta especializada em relacionamentos, mas que nunca esteve em um.
O que fazer quando, numa reviravolta do destino, Melissa descobre que uma de suas pacientes está apaixonada justo pelo mesmo homem que ela?
Ela terá que correr atrás do prejuízo e impedir que o grande amor de sua vida e seus planos para o futuro sejam mandados para as cucuias.
Um chick lit/comédia romântica divertida sobre uma protagonista com problemas de ansiedade, um pouquinho acima do peso, lutando contra as armadilhas da própria mente


Resenha: Melissa acabou de se formar em Psicologia, com especialização em relacionamentos. Ela não podia estar mais empolgada com o futuro. Afinal, ela acabou de sair da casa dos pais, montou seu próprio consultório e está prestes a se declarar para Rafael, o homem que ama.

  Bom, na verdade não é bem assim. Seu apartamento na verdade, é de seu pai. Ela tem apenas dois pacientes (um deles é uma garotinha de apenas 8 anos) o que faz com que ela comece a se atolar em dívidas e o amor da sua vida, na verdade, é seu melhor amigo desde sempre. E ela não tem planos de se declarar pra ele.

"Não que ele saiba desses planos. É complicado contar ao seu melhor amigo que você gosta dele, né?"

  Apesar das insistências de Pati, ela prefere esperar mais um pouco para falar de seus sentimentos para Rafa. Até que sua paciente Alana, extremamente impulsiva e mimada, anuncia que está de casamento marcado. E ela descobre da pior maneira possível, que o noivo felizardo é o Rafael.

 Tomada de uma coragem extraordinária, Melissa resolve acabar com esse casamento. Apesar de Leo, seu outro amigo, não concordar com o plano e tentar a todo custo fazê-la desistir, ela não dá o braço a torcer e bola diversas estratégias para que Alana e Rafael percebam que não tem nada a ver um com outro.

"Ouvir as palavras saindo da boca dele é como uma flechada na minha bunda. E não no coração. Porque uma flechada no coração teria me matado instantaneamente, ao passo que uma flechada na bunda não me mata, mas me causa uma dor descomunal e me obriga a conviver com isso. Além de ganhar uma cicatriz parecida com uma celulite."

 Mas o destino tem outros planos, e é no meio dessa confusão toda que Melissa percebe que não dá para controlar cada segundo de sua própria vida, e que as melhores coisas acontecem por acaso, sem nenhuma pressa e avisos prévios.

 Em Confissões De Uma Terapeuta, somos apresentados à Melissa Belinque, uma psicóloga especializada em relacionamentos. Ela sempre foi extremamente organizada e controladora no que diz respeito à sua vida. Mas grande parte desses hábitos vem do TOC. Melissa foi diagnosticada ainda na infância e se mostra bem resistente no que diz respeito ao tratamento e aos remédios.

"Eu faço isso, não faço? Pensar demais? Eu realmente faço isso. É como se eu tivesse passado a vida inteira presa numa caixa, quando na verdade existiam muitas outras formas de viver. Eu quero sair!"

 Paralelamente, conhecemos os outros personagens que fazem parte da trama. Rafael, melhor amigo de Melissa desde que eram crianças. Também extremamente organizado, é uma versão masculina de Melissa. Nunca age impulsivamente e sempre pensa mil vezes antes de tomar uma decisão. Por isso a notícia de seu casamento cai como uma bomba no colo dela. Isso não é algo que ele faria, ainda mais às pressas!

 Pati faz o estilo amiga doidinha. Apoia todas as decisões malucas de Melissa e vive um relacionamento iô-iô com o ex. E temos Leo. Charmoso, bonito, é contra todos os planos de Melissa e bom.. pra bom entendedor meia palavra basta.


"Não sei como posso levantar a autoestima de uma garotinha de oito anos se não consigo nem mesmo manter a minha de pé."

 O título faz jus à leitura e vemos tudo pelo ponto de vista da terapeuta. Melissa é atrapalhadinha como toda boa protagonista de chick-lit, mas diferente de muitos livros do gênero, não é nada que fuja da realidade. Melissa é gente como a gente, cheia de qualidades, defeitos e dúvidas.

 Os demais personagens não ficam atrás e é impossível não se apaixonar pelo Leo e querer ter uma Pati na vida! Até mesmo Rafael e Alana que no início parecem ser os grandes vilões, mostram seu valor e seu carisma ao longo da leitura.

"Ah, por favor! Eu esperei dez anos pelo cara e ela não consegue esperar mais alguns meses? Faça-me o favor."

Não podemos deixar de citar a abordagem da autora em relação ao TOC. Foi feita de forma sutil, responsável e real; mostrando o que milhares e milhares de pessoas sentem todos os dias e muitas vezes não falam. O Transtorno Obsessivo Compulsivo tem tratamento, e não é vergonhoso pedir ajuda.

  Confissões de Uma Terapeuta já vale a leitura só por ser nacional. Mas se você ainda precisa de mais motivos aí vão alguns: é divertido, a leitura é leve, a autora aborda temas importantíssimos ao longo da narrativa e é impossível o leitor não se identificar com a Melissa em algum momento.


"Não é que aquele biscoitinho da sorte estava certo, no final das contas, com aquela baboseira toda de "o amor estará onde o coração menos esperar" ? "
 





28 comentários:

  1. Oi, Laura tudo bem? Presumo ser uma leitura bastante divertida não é mesmo! Que bom que gostou do livro. Ótima resenha. Abraço!

    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luciano! É uma leitura maravilhosa sim :D Eu gostei bastante!

      Excluir
  2. Oi, Laura 😍 Eu estou simplesmente encantada com suas palavras a respeito do meu livro! Muito obrigada pelo carinho e por ter resenhado sobre ele ❤️ adorei seu blog, parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Renata!
      Muito obrigada pela sua visita <3 Fico muito feliz em ver que gostou do Estante Bibliográfica e da resenha. Eu amei demais seu livro!! <3

      Excluir
  3. Oi, Laura

    Eu tenho este livro no Kindle, há algum tempo ele ficou gratuito na Amazon e eu aproveitei, só não consegui ler ainda.
    Eu acho que a proposta da história é muito gostosinha e a autora ainda foca nessas partes mais relevantes como o TOC, por exemplo, que é um transtorno ainda muito estigmatizado.
    Fiquei curiosa pra saber qual é a desse casamento repentino...

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tamires!
      Eu li ele pelo Unlimited! Eu gosto bastante de leituras que abordam temas como transtornos mentais. Ainda hoje, são um verdadeiro tabu na sociedade e gosto de ber como diferentes autores discutem eles :D
      Eu fiquei bem surpresa quando descobri o porquê haha, é uma leitura muito fofa e surpreendente.

      Excluir
  4. Olá...
    Eu amei demais suas impressões a respeito da leitura! Sem dúvida, parece ser uma leitura extremamente apaixonante e, é claro, tem também grandes ensinamentos também.
    Beijos

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Diane!
      Que bom que gostou :D
      Foi exatamente isso que a leitura mostrou ser: apaixonante!
      Os ensinamentos que tirei por meio dela foram uma surpresa à parte haha

      Excluir
  5. Hey Laura! Tudo bem?
    Não conhecia o livro, mas adoro essas leituras leves. Dica anotada!
    Obrigada por comentar lá no blog.
    Volte sempre!

    | Blog Misto Quente |

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Thammy! Estou bem e você? :)
      Recomendo demais essa leitura e espero que goste!
      Eu que agradeço sua visita ♥

      Excluir
  6. Olá, Laura.
    Eu gostei bastante do livro apesar de me irritar algumas vezes com a protagonista. Ficava insistindo no cara errado quando todo mundo já tinha visto o que estava acontecendo hehe. Mas a parte sobre o TOC eu achei bem legal a forma como ela abordou o assunto.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sil! Dava vontade de entrar no livro e mostrar pra ela o Leo, que faltava gritar pra ser notado haha.
      Foi de forma bem sutil e responsável, né? :)

      Excluir
  7. Oi!
    Eu peguei o e-book desse livro 0800 na amazon, e ver que é um chick-lit divertido que trata de TOC já me fez colocá-lo na meta de leitura. Tenho minhas dúvidas se a protagonista fica tão plena durante o livro que nem está na capa! hahaha

    Beijão
    https://deiumjeito.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Giovana!
      Eu sou apaixonada por esse gênero literário, então sou suspeita em falar haha
      Vou te dar um pequeno spoiler: não, ela não fica nada plena haha. É um loongo processo até ela chegar nessa paz de espírito :P

      Excluir
  8. É um dos melhores livros nacionais do gênero chick-lit, na minha humilde opinião! ♥ E é quase impossível não se identificar com a Mel mesmo e como não se apaixonar pelo Leo? hahaha =) Também adorei o senhor que ela divide o consultório e o fato de ela abordar o TOC é bem importante. Enfim, mega concordo com você. É uma leitura leve e que vale muito a pena! Louca para a Rê lançar outros livros. Ah! E você já leu o conto dela "Maldito beijo"? É bem legal também. ^^

    Beijos, Carol
    www.pequenajornalista.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol!
      Eu compartilho da mesma opinião ♥
      É verdade, tinha me esquecido dele! O senhorzinho é muito fofo e amei que ela deu uma de cupido e achou um amor pra ele haha. Já li sim! Inclusive resenhei aqui no blog, adoro a escrita da Renata :D

      Excluir
  9. Oii, Laura
    Eu não conhecia esse livro mas estou muito feliz de ter descoberto ele agora. Amei sua resenha e a premissa da história, realmente parece ser interessantíssimo e acabei de baixá-lo no Kindle. Lerei o mais rápido possível.

    Beijinhos
    http://focadasnoslivros.blogspo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Thayná!
      Que bom que gostou da indicação ♥
      Depois me conta se gostou da leitura! Vou querer saber :D

      Excluir
  10. Olá Laura,


    Esse é mais um livro que eu fico conhecendo aqui, a capa é linda e a premissa é muito boa, faz tempo que não leio um livro nesse gênero, achei legal abordar um assunto tão importante como o TOC.
    Ótima resenha.


    Bjs.


    https://devoradordeletras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      Que bom que gostou ♥ A capa é uma graça mesmo, e foi a própria autora quem desenhou!
      É uma leitura que recomendo bastante!

      Excluir
  11. Oi
    pelo que falou parece ser uma leitura bem divertida, super leria essa história e envolve um tema interessante, que bom que curtiu a leitura.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. AH, que bacana a premissa do livro! Eu sempre acho que tenho TOC em certas coisas, mas nada foi diagnosticado de fato rs Eu me identificaria muito com a protagonista, tirando o fato de tentar terminar com o casamento alheio haha'
    Gostei da resenha ><

    monautrecote.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jeniffer!
      Não tem como não se identificar pelo menos um pouquinho com Melissa haha
      Acho que nem eu teria coragem de fazer uma coisa dessas! Já pensou que horrível? :P
      Que bom que gostou ♥

      Excluir
  13. Oiii Laura

    Eu tenho esse livro no kindle e o qe mais gostei é saber que Melissa é gente como a gente, atrapalhada como toda protagonista de chick lit mas sem ser forçada, sem fazer a cosia toda se tornar bizarra e isso conta muito pra mim. Quando sobrar um tempinho extra quero ler esse livro.

    Beijos, Ivy

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, Ivy!
      Isso é uma coisa que me incomoda bastante durante uma leitura também. Claro que chick-lits devem ser divertidos, mas tudo tem limite né?
      Eu super recomendo a leitura e espero que goste ♥

      Excluir
  14. Está aí um livro que tenho muita vontade de ler, mas ainda não o fiz... Sou doida para conferir as confusões da Melissa e suas trapalhadas tentando impedir um casamento... kkk
    Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Hanna!
      Assim que possível, recomendo demais essa leitura!
      É divertidíssima e a gente acaba se identificando com a Melissa haha :D

      Excluir

Oi! Primeiramente gostaria de agradecer a sua visita! Fico feliz em ver que quer deixar um comentário, sinta-se em casa!
Pode opinar à vontade e expor suas opiniões, só não vamos gerar brigas e discussões desnecessárias, ok?
Não se esqueça de deixar o link do seu blog para que eu possa visitá-lo também, e se gostou do Estante Bibliográfica não esqueça de seguir! Ajuda muito na divulgação ♥
Um beijo e volte sempre!