Resenha: Serraria Baixo-Astral - Lemony Snicket (Desventuras Em Série)


Título do livro: Serraria Baixo-Astral
Autor(a): Lemony Snicket
Editora: Seguinte
Número de páginas: 176
Sinopse: Na opinião de Lemony Snicket, "de todos os volumes que contam a vida infeliz dos órfãos Baudelaire, Serraria baixo-astral talvez seja o mais triste até agora".
Alto-Astral é o nome da serraria que serve de cenário para as novas calamidades que Klaus, Violet e Sunny serão obrigados a viver. Trata-se de uma "ironia do destino", pois ali, no meio daquelas árvores derrubadas, daquelas enormes toras de madeira, o que as três crianças vão encontrar é mais uma coleção de coisas horripilantes, tais como uma gigantesca pinça mecânica, bifes do tipo sola de sapato, uma hipnotizadora e um homem com uma nuvem de fumaça no lugar da cabeça.
A vida dos Baudelaire é mesmo muito diferente da vida da maioria das pessoas, "a diferença principal estando no grau de infelicidade, horror e desespero"...Diante desse quadro, algum leitor desavisado pode desconfiar: "Como é que alguém vai se divertir com um livro desses, se as personagens não param de sofrer?!".
A pergunta faz sentido, mas é justamente aí que descobrimos um dos melhores segredos de Lemony Snicket, pseudônimo do americano Daniel Handler. Ele leva o exagero às raias do absurdo, faz o realismo perder feio para o mais deslavado faz-de-conta e o resultado não poderia ser outro: um jogo literário incessantemente bem-humorado. Em 2005, Jim Carrey estrelou uma versão cinematográfica dos três primeiros livros da série, no papel de conde Olaf.
Resenha: Em Serraria Baixo-Astral, acompanhamos mais uma vez os desventurados órfãos Baudelaire em busca de um lugar para chamar de lar e finalmente se virem livres das garras do malvado Conde Olaf.

 No quarto volume da série, os irmãos vão parar na cidade de Paltryville, aos cuidados do dono da Serraria Alto-Astral (um homem cuja pronúncia do nome é tão impossível, que é conhecido apenas como Senhor). Mas o que eles não esperavam é que além de terem que trabalhar incessantemente no empreendimento, ficariam hospedados em dormitórios sem janelas, receberiam chicletes como almoço e teriam de aguentar as exigências do capataz Flacutono.

 Mas as coisas começam a ficar estranhas, quando Klaus quebra seus óculos (em um acidente causado pelo próprio capataz) e volta de uma consulta com a oftalmologista da cidade, Georgina Orwell. O Baudelaire do meio começa a agir como se estivesse em transe e cabe a Violet e Sunny, descobrirem o que está acontecendo.

"E se vocês gostam de travessuras, ou de diversão, ou de troféus, já sabem que livro escolher e podem simplesmente deixar de lado os que não lhes interessam. Mas este livro começa com a frase "Os órfãos Baudelaire olharam através da janela suja do trem e contemplaram o negrume melancólico da Floresta Finita, pensando se algum dia a vida deles melhoraria" [...] "

 O que infelizmente traz à tona, o paradeiro de Conde Olaf e sua trupe, que estão mais próximos do que os Baudelaire imaginavam. Tornando até mesmo a pacata e longínqua cidade de Paltryville, um destino inseguro para eles.

 Durante a leitura, encontramos os Baudelaire mais uma vez em um ambiente hostil e perigoso. A crítica dessa vez é relacionada ao sistema de trabalho, onde os funcionários da Serraria tem horários incertos, trabalham excessivamente e correm riscos de se acidentarem com o equipamento pesado e perigoso.

 Os três irmãos são obrigados a trabalharem também, e sofrem ainda mais do que já sofreram nos volumes anteriores. Não somente por suas funções, mas também por aguentarem os abusos de autoridade por parte do capataz Flacutono e a falta de sensibilidade do Senhor.

"Uma nova experiência tanto pode ser
extremamente agradável como extremamente irritante, ou qualquer coisa entre um ou outro extremo, e nunca se sabe até passar por ela."


 Entretanto, Serraria Baixo-Astral é o livro mais maçante da série até o momento. Tem apenas 176 páginas, mas parece ter muito mais e os acontecimentos demoram para se desenrolar. 

 Outro fator que torna a narrativa entediante, é que o livro se passa em apenas um cenário: A Serraria Alto-Astral. Diferentemente dos volumes anteriores, onde acompanhamos os Baudelaire em inúmeras situações, a serraria e os dormitórios sem portas e janelas como pano de fundo tornam a leitura chata e um tanto quanto claustrofóbica.

 Além disso, os acontecimentos finais são narrados de forma bem fora da realidade (até mesmo para o contexto da série). É nesse volume também que temos a primeira morte violenta, o ápice da narrativa que só ocorre lá pro final.

 Lemony Snicket não errou ao dizer que talvez esse seja o livro mais triste da série, mas deveria ter acrescentado que era o mais tedioso também. Mas sua conclusão consegue ser empolgante o suficiente, para que o leitor parta para a sua sequência: Inferno no Colégio Interno.

"Os órfãos Baudelaire estavam vivos, e, se pensarmos
bem, na verdade a sorte que tiveram talvez tenha sido mesmo exorbitante"
 



24 comentários:

  1. Oi, Laura tudo bem? Esta série é fascinante não é mesmo, embora este livro seja de fato o mais tedioso dentre eles. Muito boa sua resenha. Adorei. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luciano!
      Eu gosto bastante dos livros, mas esse foi o mais chatinho :P
      Que bom que gostou ♥

      Excluir
  2. Olá,
    Gostei da sua resenha, principalmente pela sinceridade sobre o tédio. Gosto de resenha assim.
    Li somente o primeiro livro da série, gostei mas não animei de ler o restante.

    Beijo!
    www.amorpelaspaginas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ray!
      Que bom que gostou :D
      Fazia um bom tempo que eu não postava uma resenha assim mais crítica haha.
      Eu gosto bastante da série! Só esse livro que me decepcionou um pouco :(

      Excluir
  3. Eu imagino que numa série grande assim, em algum momento deve ficar maçante :( mas pelo menos ao que parece deixou um bom gancho para o próximo
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luiza!
      É meio que inevitável, né? :/
      Mas sim, o quinto livro é infinitamente melhor! Na verdade, eu acho que a história só engata mesmo a partir do quinto livro haha

      Excluir
  4. Oii Laura
    Acredita que nunca tive vontade de ler essa série. Sempre vi muita gente falando bem dos livros e da série mas o interesse nunca cresceu.
    Pena que a leitura foi tediosa e espero que melhore no próximo, adorei a resenha.

    Beijinhos
    http://focadasnoslivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Thayná!
      A série é bem conhecida mesmo, e coloquei como meta ler todos os livros em 2019. Acabei não conseguindo, mas se der tudo certo esse ano eu termino haha :D
      O quinto livro é bem mais legal sim! Que bom que gostou ♥

      Excluir
  5. Olá, Laura.
    Eu gostei dessa série na época que li. Mas agora quanto mais penso nela mais eu acho que os livros foram repetitivos e chatos. Sei lá, acho que eles são para um publico mais jovem mesmo hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sil!
      Eu também acho eles bem repetitivos. A história mesmo só engata depois do quinto livro e aí parece que tudo flui melhor haha
      A série da Netflix ganha mil pontos nesse aspecto, porque ela é bem mais rápida :D

      Excluir
  6. Oi Laura,
    Eu assisti ao filme e a série de TV e algo que sempre me desanimou foi a repetição dos fatos, e você falando que a obra é tediosa, nem me animo a conferir. Acho que já 'passei da idade', rs.
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ale!
      Mesmo amando a história, tenho que confessar que muitas vezes isso me irrita também :P Eu ainda prefiro a série da Netflix do que os livros haha

      Excluir
  7. Olá, Laura

    Quem leu esses livros e resenhou pro meu blog foi o meu sobrinho. Ele gostou muito da série como um todo, mas não lembro da opinião dele sobre este volume em questão, vou até olhar pq fiquei curiosa pra saber se ele também achou entediante. Espero que o próximo seja melhor e menos arrastado. ;)

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tami!
      Eu fiquei muito curiosa e fui lá ler a resenha dele haha. Ele também não curtiu muito esse volume não, e fiquei aliviada de saber que não fui a única ;)
      Eu achei que a série melhorou 100% a partir do 5º livro.

      Excluir
  8. Oie Laura!

    Que pena que esse ficou Maçante,menina, que os próximos sejam melhores!

    Eu comecei a ler, mas não terminei... OPreciso até ver onde parei hehehe

    Beijos!
    Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Pâm!
      Pois é, bem chato quando isso acontece :( mas o quinto volume é infinitamente melhor sim haha. Eu também acabei parando com a leitura da série, espero conseguir retomar em breve!

      Excluir
  9. i, Laura. Tudo bem?
    Essa é a primeira vez que leio uma resenha dizendo que um dos livros dessa série é tedioso. Eu li o primeiro livro e não continuei a série, mas quero continuar um dia.

    Beijos, Vanessa
    Leia Pop

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vanessa! Tudo bem e você?
      A série é ótima, mas às vezes a constante repetição irrita um pouco haha. Mas eu recomendo bastante a leitura, principalmente depois do 5º livro que só melhora :D

      Excluir
  10. Oi
    pena que a leitura dele foi mascante mesmo tendo poucos páginas, tenho vontade de ler essa série de livros, espero que o próximo melhore.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Denise!
      Pois é, muito ruim quando isso acontece :(
      Mas eu gosto bastante da série e recomendo ♥

      Excluir
  11. Olá...
    Eu sempre leio excelentes comentários a respeito dessa série e vou te confessar que ela está há um tempão na minha lista de desejados ;)
    Sua resenha reascendeu a chama que me fazia desejar essa leitura!
    bJO

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Diane!
      É uma leitura que recomendo bastante, apesar das repetições e desse volume em questão ter sido um tanto quanto chato haha :P

      Excluir
  12. Laura, eu ainda não li nenhum livro dessa série. :( E esse eu acho que não me chamou muita a atenção não. Pelo contexto no geral e por saber que é uma leitura meio arrastada. Mas espero que o próximo seja melhor e que a leitura valha mais a pena! :)

    Beijos, Carol
    www.pequenajornalista.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol! Apesar da série ser um tanto quanto repetitiva, é uma leitura que recomendo bastante! É um verdadeiro clássico infanto juvenil, e até o momento o único livro chato mesmo foi esse haha :)

      Excluir

Oba! Leu o post e quer comentar? Fico muito feliz em saber! Não se esqueça de deixar o link do seu blog e/ou site para que eu possa retribuir.
Comentários como "Amei seu blog, sdv?" serão ignorados! Leia o post e seja gentil ♥