Resenha - O Beijo das Sombras (Academia de Vampiros #1) #MeuDesafioLiterário


Título do livro: O Beijo das Sombras
Autor(a): Richelle Mead
Editora: HarperCollins Brasil
Número de páginas: 353
Sinopse: Lissa Dragomir é uma adolescente especial, por várias razões: ela é a princesa de uma família real muito importante na sociedade de vampiros conhecidos como Moroi. Por causa desse status, Lissa atrai a amizade dos alunos Moroi mais populares na escola em que estuda, a São Vladimir.

Sua melhor amiga, no entanto, não carrega consigo o mesmo prestígio: meio vampira, meio humana, Rose Hathaway é uma dampira cuja missão é se tornar uma guardiã e proteger Lissa dos Strigoi — os poderosos vampiros que se corromperam e precisam do sangue Moroi para manter sua imortalidade.

Pressentindo que algo muito ruim vai acontecer com Lissa se continuarem na São Vladimir, Rose decide que elas devem fugir dali e viver escondidas entre os humanos. O risco de um ataque dos Strigoi é maior, mas elas passam dois anos assim, aparentemente a salvo, até finalmente serem capturadas e trazidas de volta pelos guardiões da escola. Mas isso é só o começo.

Em O beijo das sombras, Lissa e Rose retomam não apenas a rotina de estudos na São Vladimir como também o convívio com a fútil hierarquia estudantil, dividida entre aqueles que pertencem e os que não pertencem às famílias reais de vampiros.

São obrigadas a relembrar as causas de sua fuga e a enfrentar suas temíveis consequências. E, quem sabe, poderão encontrar um par romântico aqui e outro ali. Mais importante, Rose descobre por que Lissa é assim tão especial: que poderes se escondem por trás de seu doce e inocente olhar?

Resenha: Esqueça tudo que você sabe sobre vampiros. O Beijo das Sombras é uma leitura que quebra todos os padrões hollywoodianos já conhecidos e característicos desses seres míticos.

 Lissa é uma Moroi: uma vampira de linhagem real. Como a existência de sua espécie está em risco, todos os Moroi possuem guardiões dhampir: seres que são metade humanos e metade vampiros. Rose Hathaway é a responsável pela segurança de Lissa. As duas se conhecem desde crianças e são melhores amigas.

"As maiores e mais poderosas revoluções frequentemente começam em silêncio, escondidas nas sombras."

 Estudantes da Academia São Vladimir, Rose percebe que a amiga está correndo perigo e resolve fugir com ela da instituição. Entretanto, dois anos após a brilhante fuga, elas acabam sendo pegas e trazidas de volta.

 Afinal de contas, os Moroi tem de conviver com o constante medo dos Strigoi: vampiros imortais que precisam dos sangue dos Moroi para manter sua imortalidade e poderes. Sendo Lissa uma Moroi e ainda por cima da realeza, não poderia se dar ao luxo de ficar exposta sem a devida proteção que só a academia poderia oferecer.

"Me ensine a lutar. Fugir eu já sei."

 Lá as duas vão ter de conviver novamente num ambiente hostil e repleto de fofoquinhas. Existem outros da realeza como Lissa, e eles insistem em se achar melhores do que os outros.

 Além disso, Rose precisa retomar seu treinamento se quiser mesmo ser  guardiã de Lissa. É nesse contexto que conhece seu novo mentor, Dimitri: um dhampir como ela, misterioso e bem mais velho que vai mexer com suas emoções.


"- Você acha que eu sou bonita?
Ele me olhou com um ar extremamente sério, como sempre fazia.
- Eu acho você linda.
- Linda?
- Você é tão linda que chega a doer em mim, às vezes. [...]"

 Mas quando Lissa começa a sofrer ameaças de um autor anônimo, Rose começa a se questionar se permanecer na Academia é mesmo tão seguro quanto parece. O que ela nem imagina, é que está prestes a descobrir um esquema sombrio envolvendo quem ela menos suspeita..

 A tentativa de criar uma história interessante foi boa. Mas não cumpriu tudo que prometeu. Na verdade é uma história bem esquisita e tem alguns furos na narrativa, como vampiros frequentando a igreja. Sério? Vampiros frequentando a igreja? Os termos Moroi, Strigoi e Dhampir também me confundiram bastante e levou um certo tempo para que eu conseguisse diferenciar cada um.


"Quero dizer, eu gosto das pessoas, mas quase tudo que elas fazem é muito falso. É disso que eu não gosto."

 A Tami do Meu Epílogo recentemente utilizou essa expressão numa resenha e acredito que seja a melhor definição para essa leitura: uma verdadeira farofa. Tem uns diálogos estranhos, cenas de conteúdo duvidoso e não consegui gostar das duas protagonistas.

 Além disso, senti falta de um aviso sobre gatilhos durante a narrativa. Automutilação, prostituição e bullying pesado são alguns temas presentes, que podem incomodar alguns leitores mais sensíveis. (Admito que apesar de eu ser uma chata nesse aspecto, essas cenas me incomodaram menos do que eu achei que incomodariam).

"Os olhos dele eram tão profundos e escuros que eu tive vontade de mergulhar neles naquele exato instante."

 O único motivo para eu prosseguir com a leitura da série seria o Dimitri. Sem dúvidas, é o melhor personagem do livro e eu gostaria de saber mais sobre o passado dele.


 Minha experiência com gênero Romance Sobrenatural (o que menos tem na leitura é romance, pra ser sincera) não foi das melhores. Mas, pra quem desse tipo de leitura mais emocionante, deixo aqui essa indicação.


"As pessoas mudam. Nós estamos sempre mudando, não estamos?"






17 comentários:

  1. Laura, vou aderir esse termo leitura "farofa" também hahaha. Adorei! E confesso que livros sobre vampiros e tal, nunca me chamaram a atenção! Só na época da saga Crepúsculo mesmo. E amei o trecho que você trouxe sobre: já sei fugir, me ensina a lutar. :) E mesmo no meio de personagens que não agradam, ainda bem que sempre tem aquele que salva u pouco a história. Espero que a próxima leitura do seu desafio seja melhor para você. ♥

    Beijos, Carol
    www.pequenajornalista.com

    P.S: Tenta embarcar na série da Becky Bloom. É simplesmente perfeita!! É grande (são 9 livros), mas é tão divertida, que vale a pena! ^^

    ResponderExcluir
  2. Oiii Laura

    Olha, eu adoro romances sobrenaturais,urban fantasy e tudo o mais só que esta série pra mim não deu, eu detestei as duas garotas, achei a amizade delas uma chatice que só e sim, esse livro é uma farofa e eu não entendo aé hoje o que tanta gente viu nessa série. Quando eu li esperava anto, me decepcionei completamente.

    Beijos, Ivy

    ResponderExcluir
  3. Oi Laura,
    Eu amei esse livro, foi muito diferente de tudo que já tinha lido sobre vampiros e a amizade das duas protagonistas me conquistou. Sem falar que o Dimitri é um personagem misterioso e isso é um dos pontos fortes da trama. Pena que não curtiu...
    Bjos
    http://www.kelenvasconcelos.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oii Laura
    Eu já li esse livro em diversos lugares mas sinceramente nunca me interessei em procurar saber sobre o que se tratava. Gostei bastante da sua resenha, mas por não ser muito fã de romances sobrenaturais não leria essa história.

    Beijinhos!
    https://focadasnoslivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Fui lendo a resenha e achando a premissa do livro bem diferente e interessante, realmente, fui esperando uma grande história e que você dissesse que a experiência de lê-lo tivesse sido ótima. Mas, vampiros na igreja não dá né... ahaha. Ainda bem que eu não gosto desse tipo de gênero, assim já passo longe do livro, kk.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  6. Oi, Laura
    Eu particularmente sou do tipo que amou essa história. Li até o terceiro livro e pra mim foram perfeitos. Não tive tanta dificuldade para me situar, na verdade achei uma das poucas histórias de vampiros bem ambientadas, mas é questão de gosto haha queria ter terminado mas não rolou.
    Beijo!
    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Lau, tudo bem?
    Pra ser sincera, nem na época que vampiros estavam em alta esse título me chamou a atenção.
    Achei juvenil demais, "aventuresco" demais. E, lendo sua resenha, parece que escolhi certo ao não comprá-lo.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  8. Olha eu adoro os romances sobrenaturais, principalmente quando se trata de vampiros, que pena que não agradou tanto! Mesmo assim fiquei curiosa!

    Parabéns pela resenha e pela sinceridade ^^

    Beeijo

    http://estanteflordelis.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Eu tenho esse livro, mas ainda não li. Só assisti o filme e gostei bastante (principalmente do Dmitri, hehe). Pretendo ler um dia, mas confesso que não é tão prioridade, pq tô evitando séries com o mesmo casal de protagonista.

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
  10. Oi, Laura! Eu particularmente gosto de estórias sobre vampiros. Este livro eu não li, mas ao ler suas impressões fiquei com a sensação de que, o que te desagradou na obra não me agradará também. De todo modo que bom que a leitura não foi de todo ruim para você. Adorei a resenha. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Olá...
    Gostei de acompanhar suas impressões a respeito da leitura, porém, não é uma leitura que me desperta o interesse, pois, não curto muito o gênero a qual ela se encaixa... Sendo assim, prefiro passar a dica.
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. A proposta é bem interessante, mas é uma pena que tenha sido tão mal formulado e escrito, mas há pessoas que gostam então tudo bem. Eu adoro histórias de vampiros talvez eu leia este para tirar minha conclusão. Adorei a resenha ♥

    Beijos
    http://www.leiapop.com/

    ResponderExcluir
  13. A proposta é bem interessante, mas é uma pena que tenha sido tão mal formulado e escrito, mas há pessoas que gostam então tudo bem. Eu adoro histórias de vampiros talvez eu leia este para tirar minha conclusão. Adorei a resenha ♥

    Beijos
    http://www.leiapop.com/

    ResponderExcluir
  14. Oi, Laura!

    Adorei o termo de farofa hahaha acho que você não ter gostado da obra/do gênero tem muito a ver com fase. Hoje em dia esse tema já não está mais em alta, mas alguns anos atrás era febre livros com vampiros, lobisomens, anjos. Na época eu achava super legal, porque além de estar na moda, eu era jovem e nem me ligava em questões que hoje vejo de forma totalmente diferente. A nossa idade também muda muito nossas experiências com os livros, capaz que se você tivesse lido assim que lançou, teria gostado. Mas concordo sobre os pontos que você levantou na resenha!

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Ainda não conhecia esse livro, mas me interessei bastante pela resenha.
    Adorei.
    Bisous,
    pequenomuffin.com.br | @blogpequenomuffin

    ResponderExcluir
  16. Eu gosto de literatura com vampiros, mas eu gosto é dos de terror mesmo, com bastante sangue e eles seduzindo os leitores com seu charme imortal... Não uma turma de vampiros adolescentes que frequentam, não apenas uma igreja, mas uma academia com nome religioso... O nome de "São Vladimir" me chamou atenção logo de cara e não combinava com o tema... rs A não ser que a ideia fosse ser algo irônico, o que pelo visto não foi, esse não é um livro que eu leria, sinceramente...
    Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob

    ResponderExcluir

Oi! Primeiramente gostaria de agradecer a sua visita! Fico feliz em ver que quer deixar um comentário, sinta-se em casa!
Pode opinar à vontade e expor suas opiniões, só não vamos gerar brigas e discussões desnecessárias, ok?
Não se esqueça de deixar o link do seu blog para que eu possa visitá-lo também, e se gostou do Estante Bibliográfica não esqueça de seguir! Ajuda muito na divulgação ♥
Um beijo e volte sempre!