Resenha: O Milagre de Natal dos Goldenville (Damas Douradas) - Katherine Salles #NatalBibliográfico



  

Título do livro: O Milagre de Natal dos Goldenville (Damas Douradas)

Autor(a): Katherine Salles

Editora: Independente

Número de páginas: 93

Está disponível no Kindle Unlimited? Sim!

Sinopse: A felicidade conjugal bateu à porta da propriedade dos Goldenville e por lá se instalou. Agnes e Edgar se complementam. 

 

Desde a primeira conversa em um baile, há mais de uma década, são apaixonados um pelo outro. Ela é uma respeitável dama da cidade de Londres, e ele um cavalheiro invejado por muitos por ser casado com a mais bela e doce mulher dos arredores. No entanto, apesar de tantas dádivas, o casal carrega uma tristeza tão grande quanto Goldenville Hall: eles não podem, por um decreto da natureza, gerar um herdeiro. 


Do outro lado da cidade vive um garoto maltrapilho e seu companheiro, um cachorrinho simpático e leal. Juntos, eles dormem debaixo de toldos, se alimentam de pão e água e se aquecem com roupas velhas doadas pelas poucas boas almas que passam por eles. O problema é que a noite de Natal de 1861 promete ser a mais fria das últimas décadas, e os agasalhos desgastados não darão conta de protegê-los da temperatura congelante.


Os Goldenville precisam encontrá-los antes que o último floco de neve caia sobre suas cabeças e, talvez, por um milagre natalino, o garoto seja o herdeiro que eles tanto desejam.

 

 

Resenha:  Se eu tivesse que resumir essa leitura em apenas uma palavra, provavelmente escolheria emocionante. Eu não imaginei que iria chorar tanto, como chorei ao finalizar esse conto!


 Nele, vamos acompanhar a história de Leon e seu fiel companheiro Moby, um vira-lata. Os dois passam seus dias nas ruas, tentando arrumar maneiras de sobreviver e enfrentando os mais complicados desafios.


 Mas nem sempre foi assim. Leon tinha um lar e uma família, era tratado com cordialidade e recebia tudo que uma criança precisa para se desenvolver bem e crescer. Entretanto, uma série de acontecimentos fizeram com que o menino ficasse só, contando apenas com a companhia do cachorro.

 

"A rua era sua casa mais duradoura. Na verdade, além daquela onde ele nascera, esta era a sua única casa. Ou, melhor dizendo, lar, pois um lar não precisava ter paredes ou cômodos, podia ser qualquer coisa: uma marquise, um toldo, uma caixa de papelão..."


 Paralelamente conhecemos o casal Goldenville. Os dois são ricos e extremamente generosos, mas por causa de um acidente ocorrido há alguns anos eles ficaram impossibilitados de gerar filhos. Por isso, passam seus dias reclusos da sociedade e exercendo boas ações para os menos afortunados.

 

 Mais um Natal se aproxima e com ele a noite que promete ser a mais fria do ano. Mas será que um verdadeiro milagre pode ocorrer em meio à tanta tristeza? Será que Leon terá uma família? E os Goldenville, encontrarão o herdeiro que tanto desejam?


 Usando a Inglaterra da Era Vitoriana como pano de fundo, o leitor vai aos poucos conhecendo mais sobre essas duas histórias e como elas estão ligadas entre si. O conto é uma ficção histórica, o que significa que muitos acontecimentos e personagens descritos (como a rainha Vitória) realmente existiram. Aprendi muito sobre esse período!

 

"Se bem que... um milagre é a melhor espécie de presente."


 A história de Leon não poderia ser mais atual e sua fidelidade com Moby foi de partir o coração! Nem mesmo na noite mais fria do ano ele quis se separar de seu amigo, preferindo estar ao lado dele e sofrer junto.


 Amei o fato de que o verdadeiro significado do Natal, que é o nascimento de Jesus Cristo, ficou bem destacado e a possibilidade de escolhermos o final da história! A autora escreveu dois, um deles sendo alternativo e inicialmente o original. Ela até avisou que a gente poderia pular se quisesse, mas eu fui curiosa e li. Não vou dar spoiler, mas chorei com ambos!


 Em resumo, foi uma leitura que valeu a pena do início ao fim! E fica aqui a minha dica para quem tiver se interessado em ler: preparem os lencinhos, porque vocês vão precisar.



6 comentários:

  1. Deve de ser muito giro! Fiquei muito curiosa! <3
    . www.pimentamaisdoce.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Laura. Como vai? O conto parece-me bastante tocante. Que bom que gostou de o ler. Por gostar de contos pretendo lê-lo em breve. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Essas leituras de Natal são uma ótima preferência nesse final de ano. Até agora não fiz nenhuma, e me interessou estar disponível no Kindleunlimited.

    Abraço

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  4. Una época muy indicada para estas lecturas. No conocía tu blog, me quedo de seguidora y te invito a que te pases por el mío si te apetece.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  5. Oi!

    Eu tenho um medinho de histórias que fazem chorar...rsrsrs. Não curto muito, mas o conto parece ser uma fofura. Acho que é a fidelidade que aperta o coração da gente. Escrever uma história que aborda a fidelidade é sucesso garantido. Linda resenha!

    Até!
    https://nsmoraes.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Se eu já fiquei com o coração apertado só de ler a resenha, imagino o tanto de lágrimas lendo o conto. Esse parece ser exatamente o tipo de leitura que amo, aquelas que transmitem todo tipo de sentimento. Adorei conhecer.

    Beijo!
    www.amorpelaspaginas.com

    ResponderExcluir


Oba! Leu o post e quer comentar? Fico muito feliz em saber! Não se esqueça de deixar o link do seu blog e/ou site para que eu possa retribuir.
Comentários como "Amei seu blog, sdv?" serão ignorados! Leia o post e seja gentil ♥

Instagram: @estantebibliografica