Resenha: A Última Porta - Scott Cawthon e Kyra Breed-Wrisley



Título do livro: A Última Porta

Autor(a): Scott Cawthon e Kyra Breed-Wrisley

Editora: Intrínseca

Número de páginas: 336

Está disponível no Kindle Unlimited? Não!

Sinopse: O game Five Nights at Freddy’s conquistou legiões de fãs no mundo todo. Basta uma busca rápida na internet para encontrar inúmeras páginas dedicadas a desvendar os mistérios e as armadilhas do jogo, além de memes e produtos diversos inspirados nos personagens. A série de livros, é claro, não ficou atrás e seguiu a mesma trilha de sucesso. Escritos por Scott Cawthon, criador do jogo, e Kira Breed-Wrisley, os dois primeiros volumes já venderam 50 mil exemplares no Brasil, e agora chegou o momento de conhecer o tão aguardado desfecho da série.

 

Em A última porta, vamos descobrir o que realmente aconteceu com Charlie. Ela ressurge depois da fatídica noite em que teve os ossos estraçalhados dentro de um animatrônico, ou, pelo menos, foi isso que John acreditou ter visto. Ele se recusa a aceitar que essa Charlie é a mesma que ele tanto amava. Algo naquele olhar misterioso e no sorriso estranho lhe diz que a garota esconde segredos muito mais sombrios do que todos imaginam.

 

Com a ajuda de Jessica, Carlton e Marla, John se lança em uma busca por respostas, ainda que isso signifique arriscar a própria vida e trazer à tona lembranças dolorosas. Mas eles terão que ser mais ágeis do que nunca, porque uma nova pizzaria acabou de ser inaugurada na cidade, e, adivinhem, mais uma vez crianças subitamente começaram a desaparecer sem explicação.
 
 


Atenção! Essa resenha contém spoilers, surtos e memes!
 

Resenha: A Última Porta é o tão aguardado e esperado livro que fecha a trilogia Five Night's At Freddy's. (Leia a resenha de Olhos Prateados (1) aqui e Os Distorcidos (2) aqui.)

 No final de Os Distorcidos, todos imaginavam que Charlie estava morta após os últimos acontecimentos. Até que no último capítulo, misteriosamente a garota surge viva para o alívio de seus amigos.
 
"Entrar ali parecia uma decisão enorme, algo que mudaria tudo. Por outro lado, ir embora também."

 Mas John, que sempre fora apaixonado por ela, não acredita nessa história e se afasta do grupo. Ele estava lá quando Charlie ficou presa na fantasia e pela quantidade de sangue não haveria chances de ela ter sobrevivido! Mas ninguém parece acreditar nele, que passa como louco.

 Seis meses depois, ele se vê obrigado a encarar os amigos novamente e Charlie aproveita a situação para se aproximar de John. Ela quer convencê-lo de que não é uma impostora, e não vai medir esforços para tal.
 

"Uma sensação estranha, uma descarga de adrenalina, e, dirigindo na escuridão, tornou a visualizar o rosto de Charlie.
Aqueles não eram os olhos dela."

 Paralelamente à isso, o detetive Clay Burke confidencia à John que crianças estão desaparecendo novamente em Hurricane, e a abertura de uma nova pizzaria de animatrônicos, a Circus Baby's levanta grandes suspeitas.

 É aí que John, Jessica, Marla e Carlton vão em busca da solução para mais esse mistério, e o muro de segredos que os cerca desde a infância começa a desmoronar, tijolinho por tijolinho...
 

" - Pessoas fantasiadas. Nunca vi isso dar errado - resmungou, afastando-se para procurar seu carro."

 De todos os volumes da trilogia, esse é sem sombra de dúvidas o melhor! Mesmo sabendo alguns spoilers da história (eu não costumo fazer isso, mas pesquisei depois de ler Os Distorcidos porque estava impaciente), fui surpreendida em inúmeros momentos e pirei com o desfecho!!
 

 Finalmente temos a grande revelação sobre a verdadeira história de Charlie e sua família, e o choque foi igual mesmo com o spoiler. Henry era um homem perturbado pelas situações difíceis que teve de enfrentar, e não sabendo lidar com isso, acabou levando muita gente para o abismo com ele.
 
"Os segredos nos endurecem. A gente cria uma casca contra o mundo para proteger nossos segredos e ,quanto mais tempo vivemos assim, mais dura essa casca acaba ficando. Aí um dia olhamos no espelho e percebemos que viramos pedra."

 Destaque para Jessica, a verdadeira mocinha da história pela qual torci o livro inteiro e Carlton, que é o típico personagem engraçadinho que faz piada na hora errada e é um sopro de leveza durante a leitura densa. 
 
Carlton e Jessica: contem comigo pra TUDO!

 Spoiler aqui, leia se quiser! - A cena das almas das crianças finalmente se libertando FOI LINDA!  e saber que depois de tudo elas finalmente vão poder descansar, me consolou total! - Fim do spoiler, pode prosseguir!
 
QUE HINO!!!!

 Além disso, uma das maiores lições que o livro traz é o que pode acontecer quando tentamos criar/brincar com a vida. Não é possível criar seres pensantes em corpos de robô sem sofrer as consequências, o que se pararmos pra pensar é uma realidade atual para gente. Quanto tempo mais vai levar para que robôs e androides ocupem o mesmo espaço que nós na sociedade?

 Umas duas pontas ficaram soltas no final e li algumas wikis na internet para compreender alguns pontos. Scott Cawthon criou um universo único, peculiar e brilhante o qual eu amei conhecer. Vai deixar saudade! 
 

 

 
*Observação: Me contem nos comentários se gostaram da resenha nesse formato!

5 comentários:

  1. Oi, Laura! Que bom que o livro lhe agradou. Parece ser um ótimo livro, não é mesmo! Gostei deste formato de resenha, embora eu gostasse mais do outro. Abraço!



    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Laur

    Enquanto uns fogem de spoilers você foi caçar! Hahahaha
    Às vezes fico pensando nessa questão dos robôs, sabia? Na verdade não tanto robôs, e sim Inteligências Artificiais. Eu tenho medo real, espero que eu já não esteja mais aqui quando isso acontecer. Que leve ainda uns cem anos pelo menos, por favor. Hahahaha
    Que bom que você curtiu!

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  3. Apesar de não conhecer os livros, lembro vagamente das capas. Eu não me importo com spoilers e gostei de saber sua opinião. Os memes deixaram a resenha ainda mais divertida haha.

    Bjs

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  4. Oi Laura, sua linda, tudo bem?
    Fico muito feliz por você ter gostado do meu cantinho e do meu layout. Ele é especial para mim, tem várias referências do que eu amo. Já estou seguindo seu blog também para acompanhar seu conteúdo. Ah, Five Nights at Freddy’s virou febre. Eu fiquei surpresa quando lançaram os livros, tinha muita curiosidade sobre como eles iriam contar essa história e pela sua resenha parece que é incrível. Não vejo a hora de ler. É bem diferente das minhas leituras.
    beijinhos.
    cila.
    https://cantinhoparaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi Laura,
    Eu não conhecia nem o jogo, a desligada da vida hahahaha, gostei da dica e vou pesquisar mais sobre eles na internet, e aproveitar pra ler as resenhas dos livros anteriores aqui no seu cantinho!

    Paraíso das Ideias

    Beijokas

    ResponderExcluir


Oba! Leu o post e quer comentar? Fico muito feliz em saber! Não se esqueça de deixar o link do seu blog e/ou site para que eu possa retribuir.
Comentários como "Amei seu blog, sdv?" serão ignorados! Leia o post e seja gentil ♥

Instagram: @estantebibliografica