Livros que marcaram minha história como leitora - Dia Mundial do Livro


Boa tarde, leitores!

 Hoje, dia de 23 de Abril, é comemorado o Dia Mundial do Livro. Nada mais justo que dedicar uma data especial para algo que transforma vidas e a rotina de milhares de leitores.

 Afinal, é através dos livros que podemos conhecer novos lugares, novas culturas, viver aventuras e se divertir, esquecendo ainda que por pouco tempo o mundo real e seus problemas.

 Por isso, hoje trouxe três livros que marcaram minha história como leitora e suas contribuições para minha vida. 




1. A Borboleta que queria ser linda - Roberto Belli


 Tive contato com a leitura ainda na infância, com cerca de 4/5 anos de idade. Lembro que todas as sextas-feiras na escola levávamos para casa um livro que deveria ser lido no final de semana e entregue na segunda.

 E na maioria das vezes eu pegava o mesmo livro: A borboleta que queria ser linda. Isso foi há 15 anos atrás, mas jamais esqueceria dessa capa (tive dificuldades pra achar na internet, mas consegui haha).

 Minha professora na época se chamava Tereza, e teve uma grande participação na formação de quem eu sou e também sempre me incentivou a ler! 

2. As Cores de Laurinha - Pedro Bandeira

 Considero esse o livro que me tornou verdadeiramente uma leitora e até contei essa história na página "Sobre" aqui do site.

 Ganhei esse livro da minha professora Fabiana, quando tinha 7 anos de idade. Eu nunca tinha visto uma personagem com o meu nome e só isso já foi o suficiente para que eu me encantasse e quisesse ler essa história.

Guardo até hoje o livro (que inclusive está na foto principal dessa postagem) e tenho muito carinho, tanto pela história, quanto pelo autor.

3. Alice no País das Maravilhas - Lewis Carroll


 Eu deveria ter uns 5/6 anos de idade quando assisti ao filme Alice no País das Maravilhas pela primeira vez. Lembro de estar na casa da minha vó e de achar a história incrivelmente maluca e encantadora.

 No meu aniversário de 11 anos comprei essa edição de bolso amarelinha (que infelizmente não tenho mais!) e li o clássico pela primeira vez.

 Considero esse o meu livro favorito da vida e a Alice é a personagem literária com quem eu mais me identifico. 

 Em 2016 tive a oportunidade de ir à Experiência Alice (uma mostra interativa sobre o livro e o filme) no Shopping JK Iguatemi e realizei um sonho de viver todas as aventuras que a Alice viveu. Olha eu tomando chá com o chapeleiro e a Lebre de Março!

MELHOR DIA DE TODOS!!!

 
 Para ser leitor você não precisa ler todo dia, gostar só de clássicos, ter uma super estante, ou ler mais de 50 livros por ano.

 Para ser leitor, basta amar os livros incondicionalmente e encontrar conforto nas histórias que escolher. Ser leitor é descobrir que as páginas de uma boa leitura, contêm muito mais do que algumas horas de divertimento, bem como verdadeiras lições de vida e que os livros também podem se tornar nossos melhores amigos. 


Feliz Dia Mundial do Livro! 💕

Me conta nos comentários um livro que também marcou sua história como leitor! 💬👇


7 comentários:

  1. Oii, gostei do post, o livro que me marcou quando eu era criança foi o livro da Mulan
    Beijos!
    https://deliriosdeumaliteraria.blogspot.com/?m=1

    ResponderExcluir
  2. Ownt, que post mais amorzinho! S2 Livros são o melhor amigo que temos. Nos ajuda em qualquer humor que estamos, nos leva para viajar sem pagar um centavo a mais e ainda nos fazem ter lembranças maravilhosas. =) Eu conheci o livro da Alice depois de grande, mas sou apaixonada por essa edição da Zahar. Os livro que marcou minha infância foi O reizinho mandão, que pegava na biblioteca da escola. Era igual a você, tinha vários na prateleira, mas eu só ia no mesmo livro... rs
    Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob

    ResponderExcluir
  3. Olá...
    Seu post ficou lindo, amei sua declaração sobre ser leitor no finalzinho do post!
    Alice no País das Maravilhas é mesmo muito maravilhoso e, é claro, também marcou muito minha vida de leitora.
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi Laura,
    Se for para destacar minha vida de leitora, com certeza, Meg Cabot e J.K. seriam mencionadas. Foram as duas autoras que cresci lendo e estão comigo até hoje.
    Meu primeiro livro favorito na infância foi 'O Cabelo de Kika' kkkkkkk
    beeeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Acho que uma leitura que me marcou muito foi as pupilas do senhor reitor, eu amava a novela e tinha o livro aqui em casa, mas como eu era pequena não conseguia ler por ser muito difícil, lia pedacinho por pedacinho e ai desenhava um coração no número da página. Não consegui ler na época, mas quando finalmente consegui foi ótimo.
    Concordo com o que vc disse sobre ser leitor, a leitura é transformadora e livros são amigos para todos os momentos.
    Seu post ficou um amor.
    Beijos ^^

    https://aquelasemsorte.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi, Laura. Como vai? Muito legal o post. Um livro que marcou-me como leitor foi O Cortiço. Para mim é o mellhor clássico nacional. Um abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi Laura,

    Um livro que me marcou foi a Menina que Roubava Livros, é uma das minhas histórias favoritas até hoje.
    Disse tudo! para ser leitor só basta amar os livros incondicionalmente e encontrar conforto nas histórias que escolher, super concordo.

    Bjs
    https://diariodoslivrosblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir


Oba! Leu o post e quer comentar? Fico muito feliz em saber! Não se esqueça de deixar o link do seu blog e/ou site para que eu possa retribuir.
Comentários como "Amei seu blog, sdv?" serão ignorados! Leia o post e seja gentil ♥

Instagram: @estantebibliografica