Resenha: Assassinato no Expresso Oriente - Agatha Christie



Título do livro: Assassinato no Expresso do Oriente

Autor(a): Agatha Christie

Editora: L&PM Pocket

Número de páginas: 200

Está disponível no Kindle Unlimited? Não!

Sinopse: É perto da meia-noite quando a neve acumulada sobre os trilhos interrompe a jornada do Expresso Oriente, o mais famoso e luxuoso trem de passageiros do mundo, que liga a Ásia à Europa.


A bordo, milionários, aristocratas, empregados – e um assassino. Porém, no mesmo vagão encontra-se ninguém menos que Hercule Poirot. Caberá ao meticuloso detetive investigar todos os passageiros e descobrir a identidade do ousado criminoso. Christie propõe um fascinante enredo nos moldes do clássico subgênero do "locked room" ("mistério do quarto fechado"), em que o crime ocorre num local isolado, e a suspeita recai sobre todos os presentes.

Publicado em 1934, o romance foi levado com estrondoso sucesso ao cinema pelo diretor Sidney Lumet em 1974, com Albert Finney, Lauren Bacall, Sean Connery, Jacqueline Bisset e Ingrid Bergman no elenco – até hoje uma das mais aclamadas adaptações jamais feitas de um clássico da literatura de mistério.


Resenha: Nossa aventura começa com o  detetive Hercule Poirot, que se encontra numa estação de trem durante um inverno rigoroso na Síria. Ele acabou de resolver mais um caso brilhantemente e está indo para Istambul, passar uns dias. Mas, quando chega ao hotel, é chamado de ultima hora para resolver um caso em Londres e precisa pegar outro comboio urgente.

 Mas um fator atípico pode complicar essa viagem: todos os assentos estão ocupados no Expresso Oriente, o que não é comum para esse período do ano. E Poirot só consegue embarcar com a ajuda de Bouc, chefe da companhia, que acaba encontrando um lugar vago.

"O Expresso do Oriente iniciava sua jornada de três dias, através da Europa".

 Tudo corria bem durante a viagem, até que durante a madrugada, a intensa nevasca fez com que o trem parasse de repente. O que já era ruim ficou pior, quando descobriram que um dos passageiros tinha sido assassinado durante a noite por punhaladas e que todas as circunstâncias apontavam para que o responsável ainda estivesse no trem, misturado entre os passageiros...

 Assassinato no Expresso Oriente é o tipo de livro que provoca o leitor do início ao fim. Seja fazendo com que ele pense e monte estratégias ou quando suas crenças e ideologias são postas à prova, a verdade é que a narrativa é muito mais do que uma simples história de ficção. Até que ponto a vingança pode ser considerada justiça?

"Ah, sim? - murmurou ele. É isso mesmo! Um desafio! Muito bem, aceito-o!"

Houveram vários momentos durante a leitura que me questionei se realmente haveria uma solução possível para o crime, quando no último minuto a Agatha me apresenta um desfecho maravilhoso e sensato e eu fico me perguntando "COMO NÃO VI ISSO ANTES?"

Além disso, pude ver mais do Hercule Poirot em ação, comparado ao outro livro que li cujo detetive também é protagonista (Leia aqui a resenha de "O Natal de Poirot") e admirei demais suas estratégias desde o início do caso. É como se ele soubesse tudo desde o começo, e só vai eliminando as opções sem muito esforço.

"O que procuro é o elemento psicológico e não as impressões digitais ou a cinza do cigarro"

A ambientação do trem (que existe na vida real!) e a questão da nevasca, contribuíram para a criação de uma atmosfera de suspense e mistério, que fizeram toda a diferença durante a leitura. O final dispensa comentários, tamanha a genialidade das reviravoltas que foram apresentadas.

Em resumo, ler Assassinato no Expresso Oriente foi uma escolha acertada que fiz, e que espero que possa influenciar você, que está lendo essa resenha, a fazer também.

"Esta - disse Constantino - é a mais incrível das novelas policiais que já li!"





6 comentários:

  1. Oii, adoro livros de investigação e esse eu gostei bastante já coloquei na coloquei na lista.
    Beijos!
    https://deliriosdeumaliteraria.blogspot.com/?m=1
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Laura!
    Que coincidência: o único livro que li da Agatha foi O Natal de Poirot hahaha. Lembro que amei o desfecho que fugiu TOTALMENTE de tudo que eu pensava. A Agatha é incrível!!
    E Assassinato no Expresso Oriente é um dos mais populares dela então imagino que seja incrível também! Que pena não ter no KU, queria ler por lá... Muito boa a resenha e quando eu ler vou ficar atenta para ver se pelo menos desconfio do que terá no desfecho heheheh

    um abraço,
    https://asabelhices.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Que bacana!!!
    Gostei de conhecer o livro e me pareceu muito interessante, parece uma história instigante e vou anotar aqui para possíveis leituras futuras.
    Beijos.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Ainda não li esse livro. Na verdade ainda não li nada da autora, mas está na minha listinha de leituras. Todo mundo fala muito bem desse livro e tenho muita vontade de ler. Adore a postagem!

    https://www.biigthais.com/

    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
  5. Amei a resenha. Ainda não li nada da Agatha, mas os mistérios são bem elogiados.
    beijos
    https://www.dearlytay.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Acredita que esse é o único livro que eu li da Agatha até hoje. Pior é que eu gostei muito da história e sou apaixonada pelo gênero. Sei lá pq...

    Boas leituras,
    Karen Gabrieli | Apesar do Caos

    ResponderExcluir


Oba! Leu o post e quer comentar? Fico muito feliz em saber! Não se esqueça de deixar o link do seu blog e/ou site para que eu possa retribuir.
Comentários como "Amei seu blog, sdv?" serão ignorados! Leia o post e seja gentil ♥

Instagram: @estantebibliografica