Livro X Filme: Desventuras Em Série - Lemony Snicket

 

 Se tem um post que quero fazer desde que criei o Estante Bibliográfica, é o Livro X Filme. Onde eu comparo narrativas literárias com suas adaptações para o cinema, fazendo alguns breves comentários.

 

 Para estrear essa categoria aqui no site, escolhi Desventuras Em Série: uma das minhas séries literárias favoritas! Já assisti à série completa da Netflix (e amei!!), e pretendo trazer a comparação aqui também! Mas por hoje, vamos analisar o filme e os livros correspondentes à adaptação.

 


Livro X Filme: Desventuras Em Série

 


 

 A adaptação cinematográfica de Desventuras Em Série tinha tudo para dar certo! Contando com um elenco de peso, como Jim Carrey e Maryl Streep, o mundo assistiu ao lançamento do tão aguardado filme em 2004.

 

  O desafortunado destino dos órfãos Baudelaire, ganhou as tela do cinema e chegou a faturar cerca de 200 milhões de dólares em bilheteria. Porém, considerando que o orçamento do filme foi de aproximadamente 140 milhões, o lucro passou longe do que os diretores esperavam.


 Além disso, houveram alguns problemas com a produção do filme, fazendo com que Daniel Handler (o nosso Lemony Snicket) se afastasse do projeto. O que resultou num filme de ordem cronológica confusa e uma mistura estranha entre os três primeiros livros.

 


 Eu assisti primeiro ao filme, ainda criança e amei a história! O tom depressivo da narrativa, as desventuras vividas pelos órfãos e a fotografia gótica me conquistaram! O que logo fez com que me interessasse pelos livros. Já que na adaptação, tivemos pouquíssimos esclarecimentos e nenhuma esperança de conclusão.


 O filme é baseado nos três primeiros livros:  Mau Começo, A Sala dos Répteis e O Lago de Sanguessugas (todos resenhados aqui no site!). Tanto os cenários como os personagens, são fiéis na medida do possível, com pouca alterações que não atrapalharam a compreensão da história. (Por exemplo, o Klaus do filme não usa óculos, mas o Klaus do livro usa!).

 

 Sobre os acontecimentos: não podemos dizer o mesmo. Houve o acréscimo de cenas e diálogos inexistentes, além da conclusão do filme ter sido totalmente diferente da conclusão dos livros. O que explica a decepção dos fãs quando o filme estreou. Convenhamos que não existe nada pior do que uma adaptação pouco/nada fiel a um livro que você ama né? 

 


 Apesar das ressalvas, confesso que gosto muito do filme! Os figurinos são impecáveis (gosto mais deles do que os da série da Netflix! Mas isso é para outro post..), a fotografia é sem dúvidas a minha favorita e os atores não decepcionam! Jim Carrey como Conde Olaf é incrível! Ele trouxe um ar mais cômico para o vilão, que é inexistente nos livros. Só quem leu sabe, que o Conde Olaf literário é cruel!! O sofrimento dos Baudelaire é 1000 vezes maior durante a leitura.


 Mas no quesito fidelidade, o filme deixa muuito a desejar! Não é de se estranhar que o projeto não tenha dado certo, e que nenhum produtor tenha tido vontade de dar uma continuidade para a história. Ainda bem que a Netflix enxergou o potencial dos livros, e trouxe uma série completa de 3 temporadas, finalizada no ano passado (2019).

 

 Em resumo, minha nota final para essa comparação é de 3 estrelinhas. Se fosse resenhar o filme separadamente, com certeza ela seria maior. Mas quando comparado aos livros, acaba perdendo pontos em muitos aspectos. 

 


 

Amei escrever esse post e espero que tenham gostado de ler também! Já estou cheia de ideias para as próximas comparações desse quadro, e aceito sugestões! Todos os comentários são bem vindos, incluindo as críticas ♥

12 comentários:

  1. Ah, esse tipo de postagem traz uma nostalgia! Que saudade de assistir esse filme.
    Também amo o figurino haha nunca li os livros, mas agora até que estou interessada.
    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir
  2. Oi
    eu só assisti ao filme, e gostei, os livros confesso que não tenho muita vontade de ler, mas a série quem sabe um dia eu assisto.
    Pelo menos você curte o filme.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi Laura, tudo bem? Eu não li o livro, infelizmente. Queria ter a coleção toda na minha estante, quem sabe um dia. Eu gostei do filme, de fato o conde tem um toque mais cômico rs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Eu amava assistir esse filme. A série marcou minha adolescência e eu nem me importei muito com as pequenas mudanças.
    O figurino era impecável mesmo
    beijos
    https://www.dearlytay.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Laura! Eu não assisti ao filme, só li os livros. O longa metragem me parece ser muito bom também, fiquei com vontade de assistir. Adorei a comparação, ficou muito bem feita. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Eu não assisti essa adaptação, já anotei aqui para ver em breve quando concluir a série que iniciei rs
    Gosto muito de quadros assim, comparar o livro com o filme.
    Beijocas.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oii Laura

    Eu nunca li os livros então fica dificil comparar, mas apesar de todos os problemas de produção do filme eu adorei demais, e ainda hoje lembro com o maior carinho.

    Beijos, Ivy

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  8. Nostalgia bateu forte hein!! Não li os livros, mas o filme assisti e achei ótimo!

    Beeijos!

    http://estanteflordelis.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Assistia muito com meu pai quando era mais nova, bateu uma nostalgia enorme aqui.
    Uma ideia para um próximo post desse: Anne com E. Assisti a série e tô lendo o primeiro livro agora, simplesmente apaixonada.

    Beijinhos
    Renata

    ResponderExcluir
  10. Olá, Laura.
    Eu assisti o filme só por causa do Jim hehe. Diferente de você não gostei muito dos livros. E infelizmente passaram muito longe do enredo dos livros. Não tem fã que aguente hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Faz muito tempo que vi o filme, e é um dos meus favoritos da infância e realmente o figurino é impecável, só fui descobrir a bagunça que é a adaptação quando li os livros em preparação para ver a série - que fez um trabalho incrível para adaptar os 13 livros (inclusive acho que hoje a Netflix não daria conta de repetir o feito).

    Beijão
    https://deiumjeito.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Laura, eu amo esse tipo de post. ♥ Aliás, eu ainda não assisti e nem li essas histórias. Confesso que algumas diferenças são meio berrantes mesmo, mas nem por isso gosto menos da história nas telonas. Claro que livro sempre é melhor, mas ver os personagens ganhando vida é tão mágico para mim. E também é adaptação, então, na maioria das vezes não me incomoda tanto. Por exemplo, o livro "A menina que roubava livros", é um dos meus livros favoritos e apesar das diferenças gigas, confesso que amo muito o filme também. Aliás, essa história pode ser uma boa comparação para cá. O que acha? :)

    Beijos, Carol
    www.pequenajornalista.com

    ResponderExcluir

Oi! Primeiramente gostaria de agradecer a sua visita! Fico feliz em ver que quer deixar um comentário, sinta-se em casa!
Pode opinar à vontade e expor suas opiniões, só não vamos gerar brigas e discussões desnecessárias, ok?
Não se esqueça de deixar o link do seu blog para que eu possa visitá-lo também, e se gostou do Estante Bibliográfica não esqueça de seguir! Ajuda muito na divulgação ♥
Um beijo e volte sempre!